Ciências Sociais



Ordenar por:
Página
Mostrando resultados: 201-210 de 212

Violência sexual no Brasil: desafios e perspectivas

SPM | Ciências Sociais
Calificación:     Calificado: 1 veces
Formatos: PDF, ePub, Kindle, TXT

SPM - Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres. Presidência da República Federativa do Brasil. Brasilia 2005. Violéncia contra mulheres e adolescentes.

O Socialismo e o Homem em Cuba

Che Guevara | Ciências Sociais
Calificación:     Calificado: 2 veces
Formatos: PDF, ePub, Kindle, TXT

"É comum ouvir da boca dos porta-vozes do capitalismo, como um argumento na luta ideológica contra o socialismo, a afirmação de que este sistema social, ou o período de construção do socialismo que estamos atualmente vivendo, se caracteriza pela abolição do indivíduo no altar do Estado...


Deus e o Estado

Mikhail Bakunin | Ciências Sociais
Calificación:     Calificado: 2 veces
Formatos: PDF, ePub, Kindle, TXT

A vida de Mikhail Bakunin já é suficientemente conhecida em seus traços gerais. Amigos e inimigos sabem que este homem foi grande no intelecto, na vontade, na energia perseverante; sabem que grau de desprezo ele ressentia pela fortuna, pela posição social, pela glória, todas estas...

A Ideologia Alemã

Friedrich Engels- | Filosofia Contemporânea
Calificación:     Calificado: 9 veces
Formatos: PDF, ePub, Kindle, TXT

"Até agora, os homens formaram sempre idéias falsas sobre si mesmos, sobre aquilo que são ou deveriam ser. Organizaram as suas relações mútuas em função das representações de Deus, do homem normal, etc., que aceitavam. Estes produtos do seu cérebro acabaram por os dominar; apesar de...

A moral social (1914)

J. Cardoso Gonçalves | Ciências Sociais
Calificación:     Calificado: 5 veces
Formatos: PDF

Coleção de Edições Originais. Lisboa Tipografia Bayard. Congresso Maçonaria Nacional, Porto, Maio de 1914. I Tese. "O darwinismo, na segunda metade do século xix, pareceu vir dar razão á extrema teoria individualista, que limitava a ação do Estado ao papel de puro vigilante da Ordem e...


Carta de hum cidadam de Genova a hum seu correspondente em Londres

Anonymous | Narrativa
Calificación:     Calificado: 1 veces
Formatos: PDF, ePub, Kindle, TXT

ulgou proprio dar reposta alguma positiva, faltou para este motivo o meyo para conseguir o fim que se desejava. O Povo, que se naõ julgava seguro jà das execuçoens militares, tantas vezes intimadas, nem taõ pouco do rigor do General (caso que ficasse superior) determinou pedir a entrega das...

A Revolução Portugueza - O 5 de Outubro (Lisboa 1910)

Jorge de Abreu | História
Calificación:     Calificado: 2 veces
Formatos: PDF, ePub, Kindle, TXT

A Implantação da República Portuguesa foi o resultado de um golpe de estado organizado pelo Partido Republicano Português que, no dia 5 de outubro de 1910, destituiu a monarquia constitucional e implantou um regime republicano em Portugal. A subjugação do país aos interesses coloniais...

A Revolução Portugueza - O 31 de Janeiro (Porto 1891)

Jorge de Abreu | História
Calificación:     Calificado: 0 veces
Formatos: PDF, ePub, Kindle, TXT

Ao presidente do tribunal de guerra, no acto do julgamento: ... Eu, meu senhor, não sei o que é a Republica, mas não póde deixar de ser uma cousa santa. Nunca na egreja sentí um calafrio assim. Perdí a cabeça então, como os outros todos. Todos a perdemos. Atirámos então as...


Discurso Sobre as Ciências e as Artes

Jean-Jacques Rousseau | Clássicos Mundiais
Calificación:     Calificado: 0 veces
Formatos: PDF, ePub, Kindle, TXT

Livros sociologia pdf. No "Discurso sobre as ciências e as artes" com que concorreu ao prêmio da Academia de Dijon, Rousseau argumenta que a restauração das artes e ciências não contribuíram para a purificação do gênero humano mas para sua corrupção. Ao ser a obra publicada, a censura...

Discurso Sobre a Origem da Desigualdade

Jean-Jacques Rousseau | Clássicos Mundiais
Calificación:     Calificado: 3 veces
Formatos: PDF, ePub, Kindle, TXT

Livros sociologia download gratis. A obra Discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens, de Jean-Jacques Rousseau, é dividido em três partes: a primeira é a Dedicatória, seguida do Prefácio e por último o próprio Discurso.