Toda Poesia

Toda Poesia
Paulo Leminski foi corajoso o bastante para se equilibrar entre duas enormes onstruções que rivalizavam na década de 1970, quando publicava seus primeiros versos: a poesia concreta, de feição mais erudita e superinformada, e a lírica que florescia entre os jovens de vinte e poucos anos da chamada “geração mimeógrafo”. Ao conciliar a rigidez da construção formal e o mais genuíno coloquialismo, o autor praticou ao longo de sua vida um jogo de gato e rato com leitores e críticos...
Esta é apenas uma pré-visualização em PDF das primeiras páginas do Toda Poesia. Baixe a versão completa para ler o livro completo.
Nota: Você deve ter o Adobe Reader ou o Acrobat Installed para ver esta visualização
Você não tem o Adobe Reader instalado. Para ver esse arquivo, baixe Adobe Reader em <a href="http://get.adobe.com/reader/" target="_blank">aquí</a>. Ou, se quiser baixar o PDF para seu computador, clique <a href="https://portugues.free-ebooks.net/ebook/Toda-Poesia/pdf">aqui</a>.