Poesia



Ordenar por:
Página
Mostrando resultados: 201-210 de 449

Missal

João da Cruz e Sousa | Clássicos Brasileiros
Calificación:     Calificado: 1 veces
Formatos: PDF, ePub, Kindle, TXT

Missal (1893, poemas en prosa). João da Cruz e Sousa (Nossa Senhora do Desterro (atual Florianópolis), 24 de novembro de 1861 — Estação do Sítio, 19 de março de 1898) foi um poeta brasileiro. Alcunhado Dante Negro e Cisne Negro. Foi um dos precursores do simbolismo no Brasil. Seus poemas...

Faróis

João da Cruz e Sousa | Clássicos Brasileiros
Calificación:     Calificado: 1 veces
Formatos: PDF, ePub, Kindle, TXT

Faróis (1900, poesía). João da Cruz e Sousa (Nossa Senhora do Desterro (atual Florianópolis), 24 de novembro de 1861 — Estação do Sítio, 19 de março de 1898) foi um poeta brasileiro. Alcunhado Dante Negro e Cisne Negro. Foi um dos precursores do simbolismo no Brasil. Seus poemas são...


Broquéis

João da Cruz e Sousa | Clássicos Brasileiros
Calificación:     Calificado: 1 veces
Formatos: PDF, ePub, Kindle, TXT

Broquéis (1893, poesía). João da Cruz e Sousa (Nossa Senhora do Desterro (atual Florianópolis), 24 de novembro de 1861 — Estação do Sítio, 19 de março de 1898) foi um poeta brasileiro. Alcunhado Dante Negro e Cisne Negro. Foi um dos precursores do simbolismo no Brasil. Seus poemas são...

A Poesia Interminável

João da Cruz e Sousa | Clássicos Brasileiros
Calificación:     Calificado: 1 veces
Formatos: PDF, ePub, Kindle, TXT

João da Cruz e Sousa (Nossa Senhora do Desterro (atual Florianópolis), 24 de novembro de 1861 — Estação do Sítio, 19 de março de 1898) foi um poeta brasileiro. Alcunhado Dante Negro e Cisne Negro. Foi um dos precursores do simbolismo no Brasil. Seus poemas são marcados pela musicalidade...

Gênese

Hermes Fontes | Clássicos Brasileiros
Calificación:     Calificado: 1 veces
Formatos: PDF

Hermes Floro Bartolomeu Martins de Araújo Fontes (Boquim, 28 de agosto de 1888 – Rio de Janeiro, a 25 de dezembro de 1930) foi um compositor e poeta brasileiro. Em 1913 publicou seu primeiro livro de poesia, Gênese. Seguiram-se Ciclo da Perfeição (1914), Miragem do Deserto (1917), Microcosmo...


Despertar

Hermes Fontes | Clássicos Brasileiros
Calificación:     Calificado: 1 veces
Formatos: PDF

Hermes Floro Bartolomeu Martins de Araújo Fontes (Boquim, 28 de agosto de 1888 – Rio de Janeiro, a 25 de dezembro de 1930) foi um compositor e poeta brasileiro. Em 1913 publicou seu primeiro livro de poesia, Gênese. Seguiram-se Ciclo da Perfeição (1914), Miragem do Deserto (1917), Microcosmo...

Obras completas

Gonçalves Crespo | Clássicos Brasileiros
Calificación:     Calificado: 2 veces
Formatos: PDF

António Cândido Gonçalves Crespo (Rio de Janeiro, 11 de Março de 1846 — Lisboa, 11 de Junho de 1883) foi um jurista e poeta de influência parnasiana, membro das tertúlias intelectuais portuguesas do último quartel do século XIX. Nascido nos arredores da cidade do Rio de Janeiro, filho de...

Versos Antigos (1885-1889)

Emílio de Meneses | Clássicos Brasileiros
Calificación:     Calificado: 1 veces
Formatos: PDF, ePub, Kindle, TXT

Emílio Nunes Correia de Meneses (Curitiba, 4 de julho de 1866 — Rio de Janeiro, 6 de junho de 1918) foi um jornalista e poeta brasileiro, imortal da Academia Brasileira de Letras e mestre dos sonetos satíricos. Para Glauco Mattoso, o poeta paranaense é o principal poeta satírico brasileiro...


Últimas Rimas

Emílio de Meneses | Clássicos Brasileiros
Calificación:     Calificado: 1 veces
Formatos: PDF, ePub, Kindle, TXT

Emílio Nunes Correia de Meneses (Curitiba, 4 de julho de 1866 — Rio de Janeiro, 6 de junho de 1918) foi um jornalista e poeta brasileiro, imortal da Academia Brasileira de Letras e mestre dos sonetos satíricos. Para Glauco Mattoso, o poeta paranaense é o principal poeta satírico brasileiro...

Poesia Satírica e Versos de Circunstância

Emílio de Meneses | Clássicos Brasileiros
Calificación:     Calificado: 2 veces
Formatos: PDF, ePub, Kindle, TXT

Emílio Nunes Correia de Meneses (Curitiba, 4 de julho de 1866 — Rio de Janeiro, 6 de junho de 1918) foi um jornalista e poeta brasileiro, imortal da Academia Brasileira de Letras e mestre dos sonetos satíricos. Para Glauco Mattoso, o poeta paranaense é o principal poeta satírico brasileiro...