A Garota de Papel por Guillaume Musso - Versão HTML

ATENÇÃO: Esta é apenas uma visualização em HTML e alguns elementos como links e números de página podem estar incorretos.
Faça o download do livro em PDF, ePub para obter uma versão completa.

OS ESTADOS UNIDOS

A história de amor impossível entre uma jovem e seu anjo

da guarda é o sucesso literário do ano.

Decifrando um fenômeno.

Na editora Doubleday, todos custam a acreditar. Apesar da

modesta tiragem de dez mil exemplares, o primeiro romance do

desconhecido Tom Boyd, de 33 anos, em poucos meses se tornou um

dos maiores best-sellers do ano. A companhia dos anjos, primeiro

volume de uma saga que deverá contar com três títulos, ficou 28

semanas em primeiro lugar nas listas de mais vendidos. Com mais de

três milhões de exemplares impressos nos Estados Unidos, está sendo

traduzido em mais de quarenta países.

Tendo como pano de fundo uma Los Angeles romântica e

fantástica, o romance narra a história de amor impossível entre

Dalilah, uma jovem estudante de medicina, e Raphael, o anjo da

guarda que a protege desde a infância. Mas a trama sobrenatural não

passa de um pretexto para abordar assuntos delicados, como incesto,

estupro, doação de órgãos e loucura.

Assim como Harry Potter ou Crepúsculo, A companhia dos anjos

logo reuniu um grupo de aficionados por sua rica mitologia. Os mais

entusiasmados criaram uma verdadeira comunidade, com códigos

próprios e diversas teorias. Na internet, há centenas de sites voltados

aos personagens criados por Tom Boyd. Bastante discreto, o autor é

um jovem professor que vem do bairro popular de MacArthur Park,

em Los Angeles. Antes de conhecer o sucesso, Boyd dava aulas de

literatura para adolescentes carentes no colégio onde estudou quinze

anos atrás.

Depois do sucesso do primeiro romance, ele abandonou o

ensino e assinou contrato com a Doubleday para mais dois livros...

por dois milhões de dólares.

* * *

( GRAMOPHONE — 1º DE JUNHO DE 2008)