Avaliação da eficácia de intervenções breves com gestantes na redução do consumo de álcool por Poliana Patrício Aliane - Versão HTML

ATENÇÃO: Esta é apenas uma visualização em HTML e alguns elementos como links e números de página podem estar incorretos.
Faça o download do livro em PDF, ePub, Kindle para obter uma versão completa.

AGRADECIMENTOS

Este trabalho é fruto de várias mães e pais. Fruto que foi desejado, pensado, negociado e planejado antes de ser gestado e concebido. E como a ideia era fértil gerou também outros frutos...

De um desejo da pesquisadora nasceu uma ideia que foi pensada, negociada

e começou a ser planejada com seu orientador – o pai que alimentou, cuidou, ensinou a tarefa e pôs limites.

Pelo processo gestacional passaram mães dedicadas, comprometidas,

amigas e responsáveis, como a Joseane, a Larissa, a Patrícia, a Fabiana, a

Vanessa, a Raquel e a Telma.

Passaram também aquelas mães e pais mais consideradas como avós, que

aconselharam e ajudaram a preparar o enxoval, como as Professoras Marli e

Clarissa.

E passaram as mães tias e tios que acompanharam seu pré-natal interferindo

quando necessário, como os professores da Pós-Graduação em Saúde Mental e os amigos do PAI-PAD e NPCP (inclusive os que seguiram suas jornadas).

Passaram os primos que vibraram junto e estavam sempre dispostos a fazer o

que poderiam para ajudar como meus pais, irmãos, familiares e amigos.

Teve também um pai companheiro e bastante presente que ajudou em todas

as etapas da gestação, do parto (a fórceps!) e da concepção – Alê, meu marido.

Uma mãe parteira que me ajudou a conhecer e certificar meu trabalho –

Andréa Dias, minha psicóloga.

Tiveram as mães de leite que nutriram de forma inspiradora este trabalho –

gestantes que participaram da pesquisa.

Os pais adotivos – Prefeituras Municipais de Araraquara e de Ribeirão Preto, Hospital das Clínicas da FMRP/USP, instituição Corassol e todos os profissionais de saúde – que abriram as portas e receberam este trabalho de braços abertos.

Os pais provedores – FAPESP e CNPq – que possibilitaram os meios para

que este trabalho fosse concebido.

Enfim, agradeço a todos esses pais e mães que, com carinho, contribuíram

para esta pesquisa. Sem vocês não haveria este fruto.