Dagon por H.P. Lovecraft - Versão HTML

ATENÇÃO: Esta é apenas uma visualização em HTML e alguns elementos como links e números de página podem estar incorretos.
Faça o download do livro em PDF, ePub, Kindle para obter uma versão completa.
index-1_1.jpg

index-2_1.jpg

index-2_2.jpg

O século que experimentou um fantástico

progresso na mecanização da produção, uma

extraordinária jornada de investigação, sob a é-

gide da ciência, de todos os meandros da ativi-

dade humana — produtiva, social, mental —, foi

também o período em que mais proliferaram, na

cultura universal, as incursões artísticas na esfera do imaginário, os mergulhos no mundo inde-vassável do inconsciente. Literatura, rádio, cinema, música, artes plásticas, e depois, também, a televisão, entrelaçaram-se na criação e recriação de mundos sobrenaturais, em especulações sobre

o presente e o futuro, em aventuras imaginárias além do universo científico e da realidade aparente da vida e do espírito humanos.

Howard Phillips Lovecraft (1890-1937),

embora não tenha alcançado sucesso literário em vida, foi postumamente reconhecido como um

dos grandes nomes da literatura fantástica do

século XX, influenciando artistas contemporâ-

neos, tendo histórias suas adaptadas para o rádio, o cinema e a televisão e um público fiel constan-temente renovado a cada geração. Explorando

em poemas, contos e novelas os mundos insóli-

tos que inventa e desbrava com a mais alucinada imaginação, Lovecraft seduz e envolve seus leitores numa teia de situações e seres extraordiná-

rios, ambientes oníricos, fantásticos e macabros que os distancia da realidade cotidiana e os convoca a um mergulho nos mais profundos e obs-

curos abismos da mente humana.

Dono de uma escrita imaginativa e muitas

vezes poética que se desdobra em múltiplos es-

tilos narrativos, Lovecraft combina a capacidade de provocar a ilusão de autenticidade e verossi-milhança com as mais desvairadas invenções de

sua arte. Ele povoa seu universo literário de

monstros e demônios, de todo um panteão de

deuses terrestres e extraterrestres interligados numa saga mitológica que perpassa várias de su-as narrativas e de homens sensíveis e sonhadores em perpétuo conflito com a realidade prosaica

do mundo.