Dinâmicas dos modos de vida e saúde ambiental no campo: os projetos de desenvolvimento... por José Prado Alves Filho - Versão HTML

ATENÇÃO: Esta é apenas uma visualização em HTML e alguns elementos como links e números de página podem estar incorretos.
Faça o download do livro em PDF, ePub, Kindle para obter uma versão completa.

AGRADECIMENTOS

Gosto de pensar neste trabalho, ao qual dediquei alguns anos de vida, na forma como um famoso dicionarista definiu o termo "trabalho", expressando a seguinte ideia: "o fruto da aplicação de forças e faculdades humanas". Não de um só agente, mas de um grande coletivo, dinâmico e incomensurável, ao qual, às vezes me sinto integrado, às vezes me vejo na ilusão da distância, mas que, a rigor, está, invariavelmente, a nos envolver nesta trajetória da vida.

Amizade, inspiração, exemplo, compreensão, apoio, paciência, confiança, e umas tantas outras doses de qualidades humanas moldaram, sem dúvidas, o alicerce que propiciou a transposição desta jornada. Foram muitas as pessoas portadoras destas qualidades e que as "aplicaram", generosamente, nesta construção. A todas elas meu profundo agradecimento.

À minha orientadora, Profª Drª Helena Ribeiro, pela confiança em minha capacidade de ação e por oferecer o fundamental apoio traduzido na aceitação da orientação e, posteriormente, na competência, experiência e paciência, propiciando a superação de obstáculos antes vistos por mim como intransponíveis, na cegueira situacional das crises do aprendizado.

Aos Professores Doutores Adelaide Cássia Nardocci e Eduardo Garcia Garcia que me acompanharam nos primeiros passos desta construção, agregando

colaborações fundamentais para qualificar o projeto de pesquisa como instrumento eficaz para o estudo proposto.

Aos Professores Doutores Marcia Faria Westphal e Carlos Machado de

Freitas, os quais juntamente com Adelaide Nardocci e Eduardo Garcia compuseram a Comissão julgadora desta tese, pela atenção que dedicaram na leitura da minuta deste trabalho e pelas significativas e valiosas contribuições agregadas nesta versão final.

Aos professores e funcionários da Faculdade de Saúde Pública da

Universidade de São Paulo, pelo acolhimento, apoio e por ajudarem a compor esse incrível ambiente de aprendizado, pesquisa e promoção da experiência do saber qualificado e finalístico.

À FUNDACENTRO, pela oportunidade e incentivo institucional, apoiando

minha disponibilidade para dedicação ao curso de pós- graduação.

À Éva Andréa Acél, pela fundamental colaboração no acompanhamento dos trabalhos de campo, exercendo apoio crucial para a realização das oficinas nos assentamentos estudados.

À minha família, pelo apoio, interesse, incentivo, compreensão e paciência ao longo de mais esta jornada de minha vida profissional.

E, sobretudo, às famílias dos agricultores, assentados nos projetos de reforma agrária participantes do estudo, pela generosa disponibilidade, colaboração e envolvimento na realização do trabalho. A todos minha profunda gratidão e consideração.

(...)

For always roaming with a hungry heart

Much have I seen and known; cities of men

And manners, climates, councils, governments,

Myself not least, but honoured of them all;

And drunk delight of battle with my peers;

Far on the ringing plains of windy Troy.

I am a part of all that I have met;

Yet all experience is an arch wherethrough

Gleams that untravelled world, whose margin fades

For ever and for ever when I move.

How dull it is to pause, to make an end,

To rust unburnished, not to shine in use!

As though to breathe were life. Life piled on life

Were all too little, and of one to me

Little remains: but every hour is saved

(…)

Tho' much is taken, much abides; and though

We are not now that strength which in old days

Moved earth and heaven; that which we are, we are;

One equal temper of heroic hearts,

Made weak by time and fate, but strong in will

To strive, to seek, to find, and not to yield.

-----

Trecho do poema "Ulysses", de Alfred Tennyson (1809 - 1892).