Mãe
Uma história que se passa no Rio de Janeiro de 1855. Peça teatral de quatro atos, conta a história de um homem que vende uma escrava para ajudar a quitar a dívida de um amigo, mas uma grande revelação será surpreendente. Publicada em 1862, José de Alencar escreveu "Mãe" em homenagem à sua própria mãe, Ana J. de Alencar. José Martiniano de Alencar nasceu em 1829 no Rio de Janeiro. Foi jornalista, político, advogado, orador, crítico, cronista, polemista, romancista e dramaturgo...
Esta é apenas uma pré-visualização em PDF das primeiras páginas do Mãe. Baixe a versão completa para ler o livro completo.
Nota: Você deve ter o Adobe Reader ou o Acrobat Installed para ver esta visualização
Você não tem o Adobe Reader instalado. Para ver esse arquivo, baixe Adobe Reader em <a href="http://get.adobe.com/reader/" target="_blank">aquí</a>. Ou, se quiser baixar o PDF para seu computador, clique <a href="https://portugues.free-ebooks.net/ebook/Mae/pdf">aqui</a>.