O Apóstolo Volume 6 por Roberto P de Mello - Versão HTML

ATENÇÃO: Esta é apenas uma visualização em HTML e alguns elementos como links e números de página podem estar incorretos.
Faça o download do livro em PDF, ePub, Kindle para obter uma versão completa.

adorar a besta, e a sua imagem, e receber o sinal na fronte, ou na mão, também o tal

beberá do vinho da ira de Deus, que se acha preparado sem mistura, no cálice da sua

ira; e será atormentado com fogo e enxofre diante dos santos anjos e diante do

Cordeiro. A fumaça do seu tormento sobe para todo o sempre; e não têm repouso nem

de dia nem de noite os que adoram a besta e a sua imagem, nem aquele que recebe o

sinal do seu nome. Aqui está a perseverança dos santos, daqueles que guardam os

mandamentos de Deus e a fé em Jesus.

Notem como só a PERSEVERANÇA NA FÉ (sob os incontáveis e

terríveis martírios impostos pela Besta) é que salvará os fieis! Quem se deixar marcar

por ela, seja por qual for o motivo alegado, cairá sob Lucas 8: 18 que diz:

Vede, pois, como ouvis; porque a qualquer que tiver lhe será dado, e a

qualquer que não tiver, até o que parece ter lhe será tirado.

Ora, o que os não batizados com o Espírito parecem ter (mas, não têm

definitivamente) é a Salvação, não é! Pois esta lhes está garantida apenas durante o

Período da Graça!

Quem quiser OUVIR de outra forma que ouça. Procurei ser bem claro a

respeito. Não vai ser por minha culpa se caírem em problemas.

Finalmente, vou lhe deixar uma pergunta que deve examinar a Luz de

tudo que foi dito. O que significa para você, somente a parte que marquei em negrito,

de Romanos 8: 9 que diz:

Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de

Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é

d Ele ?

MARANATA!

Capítulo 615

A FORMIGUINHA

Abro uma das janelas do oitão de minha casa, debruço-me em seu

parapeito e fico a observar as fruteiras que minha esposa plantou no nosso quintal; o

calor está bravo, elas estão precisando de água, constato. Nisto uma formiguinha que

andava pelo parapeito da janela, sobe em meu braço, ultrapassa-o, e segue seu caminho

em busca de alimento, atraindo-me a atenção.

Ela não tem mais de um centímetro de comprimento! Seus olhinhos nem

consigo enxergar, porém, ela me vê muitíssimo bem e, ao contrário de mim, nunca irá

usar óculos.

Arranjo melhor os meus óculos sobre o nariz, para examinar o intrigante

inseto.

Tento enxergar suas pernas, mais finas que um cabelo, porém, apesar

disso, dotadas de juntas e músculos com força suficiente para permitirem-lhe erguer

pesos maiores que o seu próprio peso. E eu não consigo fazer tal proeza!

Além de enxergar bem, ela também tem um olfato fabuloso, inclusive

consta-me, que até se comunica por meio dele! Coisa que, também não consigo fazer,

pois, dou-me por feliz quando defino um cheiro.

Sua cabeça é minúscula, do tamanho da cabeça de um alfinete e seu

cerebrozinho uma meleca de nada, espremido lá dentro! No entanto, ela pensa e se

orienta perfeitamente com ele, anda quilômetros longe de seu formigueiro e, quando

acha um lugar com comida, volta certeira, convoca suas parceiras e lhes diz,

exatamente, onde o alimento se encontra!

Fico pensando nas vezes em que tive de ensinar e ensinar de mil formas

possíveis um endereço da cidade, quando me perguntaram. Isto, quando eu sabia onde

era! Muitas vezes nem me lembro onde ficam determinadas ruas a que já fui!

Outra coisa curiosa: as formiguinhas não pedem ajuda a ninguém, elas

mesmas resolvem todos os problemas com que se defrontam! Aqui, coro de vergonha, e

Jesus sabe muito bem por que.

Agora, pensem: esta não é uma das menores formiguinhas não! Têm

delas que quase não vemos e seus olhinhos e patas nos são completamente invisíveis a

olho nu, mas, funcionam perfeitamente bem e seus micro-cérebros idem!

Diminuam mais e pensem nas bactérias. Estão por todo lugar, existem as

que nos servem (pro-bióticas) que povoam nosso corpo e nos ajudam de várias maneiras

e as briguentas, as quais, quando o diabo as irrita, nos atacam e nos põem doentes. Elas

são seres microscópicos; isto é, só podem ser vistos por microscópios.

Menores do que elas ainda existem os vírus! Estes, sim, são os seres

vivos menos parecidos com seres vivos! Há bilhões de tipos com milhões de formas. No

entanto, estão por aí, alheios a nossa sabedoria, não nos pedindo ajuda para nada!

Agora, pensem bem numa coisa: tudo isso aí, está: vivendo! Todos

recebem alimento, de acordo com o que gostam de comer. Deus provê alimento e água

para todos eles e, tenho certeza que sabe até o nome de cada indivíduo dos formigueiros

e suas histórias!

Além disso existe a flora! Milhões e milhões de espécies de plantas que

Deus criou e cuida, desde o princípio da vida! Tudo isto num intrincado sistema que,

aos poucos, os homens estão destruindo com seus pecados e suas ações tresloucadas.

O planeta inteiro sofre e já está começando a tontear no seu eixo, por isto

a Bíblia nos diz em Romanos 8: 19:

Porque a criação aguarda com ardente expectativa a revelação dos

filhos de Deus.

Nós, os filhos de Deus, os nascido de novo (os homens espirituais)

devemos orar muito, para que a maldade do homem natural não extinga mais nenhuma

espécie de vida (fauna ou flora) do nosso belo planetazinho azul.

Vai encarar o desafio?

MARANATA!

Capítulo 616

O TEMPO FALA

Há mais de quinze anos atrás, um amigo íntimo (colega de

aeromodelismo e outros hobbys ) descobriu que eu tinha um grupo de oração (o,

saudoso: Grupo Leão de Judá ) e veio desesperado nos pedir ajuda.

Sua primeira neta estava enferma e os médicos não lhe deram muita

esperança. Claro, orarmos pela menina, oramos pelo amigo, procuramos confortá-lo,

mostrar-lhe o Caminho da Verdade e da Vida e ele até disse que o aceitava; mas,

semanas depois, a netinha dele faleceu.

Este amigo me encontrou na rua, dias depois, e falou que não tinha jeito

mesmo, nem Deus podia ter ajeitado aquilo! E a vida continuou. Vez ou outra nos re-

encontramos, quando descobrimos alguma novidade que nos une em pesquisas.

Sempre pensei em por que Deus permitira aquela menina falecer. Hoje,

quando acontece algo parecido com um pirralho inocente, não penso mais a respeito; sei

que o Senhor fez o melhor que pode por aquela pessoinha. Ele, certamente, livrou-a de

algo ruim no futuro, levando-a para onde estará mil vezes melhor, que aqui.

Descobri que aquele amigo é de esquerda e coloco o nome dele numa

categoria especial de contatos de e-mail; porque não gosta quando lhe falamos dos erros

dos partidos políticos ateus de esquerda. E, só hoje, descobri sua esposa ser espírita!

Inadvertidamente, um dia, retransmiti para ele um e-mail que me

enviaram, mostrando as barbaridades cometidas pela esquerda no Brasil e me respondeu

defendendo o partido e dizendo que as maiores economias eram as do Vietnam e da

China, (ambas de esquerda) onde só havia progresso. Mas, o que me abriu, realmente,

os olhos a respeito dele, foi o que disse em seguida:

- E, lembre-se, Roberto, eles não têm religião nenhuma por lá!

Pronto! Estava revelada a razão pela qual Deus não tinha atendido aquele

pedido do meu amigo. Ele não acreditava em Deus! Quando nos procurou, foi apenas

forçado pelas pressões sentimentais ante o drama da netinha, não por fé!

Quando disse que aceitava Jesus, não fora por fé, mas, querendo

negociar com Deus, a vida da neta, a qualquer custo.

Eis, aí, mais uma razão pela qual nós podemos orar e orar e não termos o

retorno esperado! Deus pode nos levar à Vitória e à Vida ao invés de à Morte como

declara em Hebreus 10: 38:

Mas o meu justo viverá da fé; e se ele recuar, a minha alma não tem

prazer nele.

Isso está repetido mais duas vezes na Palavra, uma em Romanos 1: 17 e

outra em Gálatas 3: 11 quem quiser, confira.

Estou acostumado a ver coisas maravilhosas acontecerem de maneira

instantânea, outras acontecerem aos poucos e, várias: nunca! Não me compete julgar

Deus a respeito disto, porque nós vemos a aparência e Deus vê o coração de cada um.

E a diferença é enorme, como dá para se depreender do caso narrado.

Aquela pessoa ainda é minha amiga. Gosto dela há anos, nunca me

decepcionou em nenhuma outra área da amizade, pelo contrário, sempre foi bastante

generosa, mas: sem fé é impossível agradar a Deus !

Por outro lado, tenho outro amigo (ex-colega de trabalho) que o Senhor

Jesus me ordenou não tentar evangelizar. Este até já escreveu um livro: Jesus, Nunca

Existiu . É escritor, pintor, escultor, artista de cinema e teatro, mas, que eu já sei que

está salvo; apesar de, há poucos dias, ter me enviado um tipo de colagem de fotos,

novamente pregando sobre a inexistência de Jesus.

Não respondo, nem me meto neste assunto com ele. Quando vou à sua

casa para batermos papo (visto minha mulher ser amiga da dele, também) a ordem é:

conversarmos sobre o trivial.

Obedecemos e só fico observando ele se debatendo ante o anzol daquele

que Ele afirma nunca ter existido o qual, pessoalmente, o irá quebrantar e arrastá-lo para

Si, no tempo oportuno; conforme me avisou.

O que acho curioso, neste colega, é como, vez ou outra, tem por que tem

de escrever algo provando que Jesus nunca existiu! Ora, se acreditasse mesmo nisto,

nem se preocuparia mais a respeito desde seu primeiro livro! Teria esquecido até o

nome de Jesus, penso eu.

Mas, isso é lá com o Senhor. O Tempo, mais uma vez, revelará a

verdade.

MARANATA!

Capítulo 617

O LADRÃO À NOITE

Sabemos, pela leitura da Palavra de Deus, que o Senhor Jesus irá voltar a

Terra duas vezes. Na primeira vez não tocará o solo, só o fará na segunda, quando

então: a) tomará posse da Terra; b) aprisionará satanás; c) e aqui ficará, para Reinar por

Mil Anos, até o Armagedom.

A Palavra de Deus informa, também, que a primeira vinda d Ele será

diferente da segunda, noutro ponto; é que, na primeira, virá invisível aos olhos do

mundo, como um ladrão à noite, embora todos vão sentir o impacto do fato. Nesta

vinda acontecerá o Arrebatamento de cinqüenta por cento (ler Mateus 24: 40 e 25:

10!) da Igreja vivente na Terra, junto com todos os cristãos já falecidos até aquele

evento e que ressuscitarão num átimo.

Jesus (dos ares mesmo) os atrairá para Si em corpos glorificados;

primeiro, os cristãos ressuscitados que a Ele pertencem; logo em seguida, as virgens

sábias , de Mateus 24: 40 e 25: 10 (em corpos também glorificados) num abrir e fechar

de olhos.

Interessante é que, todas as vezes que a Bíblia fala sobre esta primeira

vinda, é sempre comparando como a vinda inesperada de um ladrão à noite! É só ler:

Mateus 24: 43; Lucas 12: 29; 2ª Pedro 3: 10; Apocalipse 3: 3 e Apocalipse 16: 15.

Resumindo, 1ª Tessalonicenses 5: 2 diz:

porque vós mesmos sabeis perfeitamente que o dia do Senhor virá

como vem o ladrão de noite

Sendo a Bíblia perfeita, tal afirmativa me chamou a atenção porque

existem cristãos em todos os lugares deste planeta e, quando é dia no Japão é noite no

Brasil, meio-dia noutro país e, por aí vai!... Portanto, a Bíblia não está se referindo ali, à

noite astronômica, mas, a outro tipo de noite: à noite das trevas espirituais!

Tal noite, sim, pode cobrir de uma só vez o planeta todo, não importando

dia, hora ou lugar!

Os judeus já voltaram para sua terra, assim, fica mais simples de se

imaginar quando Jesus virá. Será numa era onde reinará a apostasia; o estado espiritual

e o emocional das pessoas estarão totalmente revirados em todos os sentidos, não só no

da sexualidade, mas, nas demonstrações visíveis de uma violência aberrante, do gosto

pelo que não presta; com toda decadência social, pessoal e moral possível e imaginável;

junto com um desenvolvimento científico enorme. A degradação familiar será gritante.

Ora, a degeneração familiar já é flagrante hoje, quando até crianças se

dispõem a irem armadas às escolas, para fuzilarem colegas, professores ou, no mínimo,

fazerem perseguições danosas e letais (os bullings ) num ambiente que, outrora, já foi

centro de aprendizado e absoluto respeito.

Além destes indícios de trevas, temos a situação de toda a Criação

gemendo angustiada, esperando a manifestação dos filhos de Deus; pois, terra, mares,

ares e rios, bem como peixes, mamíferos, aves, flora, todo tipo de ser vivo, já está em

processo virulento de extinção, pedindo socorro. Além disto, têm os cataclismos e o

desequilíbrio do eixo da Terra, já medido pelos astrônomos e os problemas sociais

agravados...

Acho que o Senhor está bem próximo de vir! Muito próximo!

As congregações frias, que acham que vão subir no Arrebatamento,

procurem ver bem como ouvem! Vocês não subirão se não mudarem de pensamento e

doutrina; pois, falta-lhes o azeite vital, o Selo que os classificaria como filhos de Deus,

propriedades do Senhor dos Senhores e Rei dos Reis.

Virgens néscias é tempo de acordar! As riquezas de suas congregações

escondem anzóis que se prenderão nos seus queixos, no dia em que as virgens sábias

irão celebrar como o Maior e o Mais Glorioso de Todos os Dias. Aleluia!

Se querem dar suas vidas em defesa de seus pastores e doutrinas erradas

e arriscarem-se nas mãos do anti-Cristo, durante a Grande Tribulação, é só continuarem

com estão. Seus pastores não irão ajudá-las no pior momento da história humana, como

não lhes ajudaram até agora, porque são só : Letras que matam .

Virgens néscias têm de decidir seu futuro, agora, enquanto o Noivo ainda

não veio; porque quando Ele vier, não terão mais tempo de procurar o azeite!

MARANATA!

Capítulo 618

CASTIGOS DE DEUS

Antigamente minha avó acreditava, piamente, nos castigos de Deus

(embora do ponto de vista católico!); já, meu avô não deixava se levar tanto pelas

conversas dos padres. Minha mãe muitas vezes me avisou para eu tomar cuidado para

não ser castigado por Deus, mas, meu pai, quase não acreditava mais nisto,

desestimulado ante as eternas malandragens dos homens de preto.

Hoje em dia, quem disser que aquelas enchentes em Blumenau, tempos

atrás, e a que está acontecendo hoje, em Niterói, serem castigos de Deus, será olhado

como blasfemo! Blasfemo não contra Deus, mas, contra as pobres criancinhas ou os

pobres cidadãos trabalhadores que ali vivem e foram pegos de surpresa!

A culpa de tudo e o preço do conserto serão, imediatamente, lançados nas

costas do prefeito ou governador mais próximo e todos concordarão a respeito. Até os

cidadãos que roubam na energia e na água, vendem drogas, ocupam e constroem em

áreas proibidas, pensam assim!

Hoje, Deus mais nada tem a ver com catástrofes, pois, a ciência

provou isto ser por causa do El Niño , La Niña ou, da camada de ozônio. Os pais e

mães de hoje, também, não acreditam mais em castigarem os filhos rebeldes, agem

como a psicologia moderna e o Estado os ensinou, para não deixarem os petizes

frustrados! Dizem até que já há um projeto de Lei no Congresso, para punir pais que

derem palmadas nos filhos; quanto mais se acreditar em castigos de Deus, imaginem!

O povo mais simples, ligado à natureza, ainda acredita piamente que

TUDO gira ao redor de deuses e a Bíblia ensina aos evangélicos que: quando Deus se

zanga com o homem, castiga-o! Fez isso com o primeiro homem Adão e não muda

NUNCA!

Creio na Bíblia e num Deus Tri-uno não, noutros deuses, nem numa Mãe

Natureza, Mãe de Deus ou alguma deusa do Acaso. Sei, por várias experiências

próprias, que Jesus está VIVO e bem VIVO, e é quem está no controle absoluto de

tudo. Portanto, sei que toda catástrofe é castigo direto de Deus, ser Deus dizendo:

vocês têm de se consertarem ou virão coisas piores!

Quanto às pobres criancinhas isto já não me toca muito, porque sei

que, quando um inocente destes morre, vai direto para o céu e, todas as vezes que isso

acontece, Deus está é, ao contrário, ajudando aquele inocente a não cair nos pecados

gravíssimos de sua família ou sociedade, que só o levaria a uma vida de sofrimentos

imensos, na Terra.

Outra coisa sei com certeza é que: Deus é amor. (1ª João 4: 8).

Não o amor com o qual a humanidade está acostumada, este amor do

rala-e-rola, decantado em prosas e versos mundo afora, eivado de traições mortais e

descaso pelo próximo.

Para esclarecimentos, a Bíblia classifica o Amor em quatro tipos

diferentes: a) o amor erótico (sexual); b) o fraternal (entre amigos); c) o familiar

(entre parentes); d) o Ágape (amor de Deus).

Uma pessoa pode ter um tipo de amor e não ter os outros. Por exemplo,

ela pode ter um grande amor por seus parentes de sangue e assassinar pessoas de outras

famílias, exatamente por isso! Uma pessoa pode ter um amor fraternal imenso pelos

de seu time de futebol e matar friamente os de outros times! E, por aí, vai... Estes tipos

de amores carnais, da alma caída podem ser: letais!

Deus tem o Amor Ágape, que é um amor ETERNO e diferente. O ser

humano caiu e Deus mesmo veio (em corpo físico, Jesus) para SOFRER e PAGAR os

nossos pecados e nos deixar LIMPOS e LIVRES de novo! Não pôs a culpa de nossos

erros em ninguém, como os dirigidos pelos outros tipos de amores costumam fazer. Ele

assumiu nossos pecados e os pagou Ele mesmo. A diferença é gritante!

O pecador não gosta de um tipo de amor onde tenha de pagar algo! Se

desgraças acontecem, arranja logo alguém para culpar, nunca a si mesmo, nem

sociedade ou família da qual faz parte! Todos os tipos de amores que o ser humano

abraça levam ao escape fácil das culpas lançadas sobre outros.

Deus, em Seu Amor Ágape, nos diz que nos perdoa SE

CONFESSARMOS os nossos pecados; o incrédulo não quer assumir culpa de nada e

não confessa! Confessar é algo ultrajante para a maioria das pessoas que, com seus

outros tipos de amores, se consideram melhores do que Deus e perguntam

escandalizadas:

- Quer dizer que se um cara estuprar uma pobre criancinha, a matar e,

depois se arrepender e pedir perdão a Deus; Deus perdoa?

Para eles tal perdão é INACEITÁVEL. Mas Deus: perdoa!

Isto não significa que aquele transgressor vá escapar das Leis dos

Homens! Deus deu autoridade aos homens para governarem a terra. O que acontece

pode ser o criminoso ser punido com pena de morte aqui e imediatamente, no outro

lado, entrar no céu! Assim, as duas leis, a dos homens e a de Deus não se confrontam,

mas, se complementam.

Aliás, um exemplo bíblico disto está no ladrão arrependido, crucificado

ao lado de Jesus, cuja história podemos ler em Lucas 23: 39-43.

No mais, que o Amor de Deus cubra todos vocês. Aleluia! Mas,

lembrem-se sempre:

É para disciplina que sofreis; Deus vos trata como a filhos ; pois qual é

o filho a quem o pai não corrija? Mas, se estais sem disciplina, da qual todos se têm

tornado participantes, sois então bastardos, e não filhos. (Hebreus 12: 7-8).

MARANATA!

Capítulo 619

DE LONGE E DE PERTO

Outro dia um irmão me pediu ajuda a respeito do dom de línguas e me

informou que o Senhor lhe tinha dado ordens para deixar sua congregação e que sua

missão seria para com os de longe. Alertei-o que isto podia significar, também, que ele

seria Missionário em cidades do Brasil. Daí, me lembrei de quando o Senhor me disse

que minha missão seria para com os de perto, acrescentando que, se eu fosse enviado

para os de longe eles me escutariam, mas, os de perto não me dariam ouvidos!

Só, agora, foi que me lembrei desta última parte em negrito, porque tem

sido exatamente assim: tenho recebido missões para fazer das quais volto, praticamente

com as mãos abanando, com a firme convicção de que perdi meu tempo!

Não tenho uma estatística a respeito do assunto, mas, diria que de cem

pregações que fiz para as pessoas, uma ou duas a ouviram e retiveram a Palavra;

algumas disseram que aceitavam, mentindo; enquanto a maioria não aceitou!

Não é confortável, reconfortante, estimulante, tal retorno em trabalho

algum! Felizmente, vez por outra, o Senhor ponteia esta negatividade com alguma coisa

maravilhosa para eu não desistir. Assim, coisas maravilhosas aconteceram na Suíça,

Portugal, Israel, China, Romênia e aqui mesmo, em distantes cidades do Brasil, onde fiz

missões, sem sair da frente de meu computador.

Quase todas as minhas vitórias flagrantes e as aparentes derrotas estão

narradas em meus livros e, se você os vem lendo na seqüência, já as conhece a sobejo.

Digo aparentes derrotas porque, SE Deus me ordenou fazer aquelas pregações, não foi

para eu ser derrotado. Eu vejo a aparência, Deus vê o coração das pessoas, tenho de

andar pela fé, não pelo que vejo.

Como já disse, andar pela fé não é tão fácil, irmãos! Espero que este

rapaz, que está entrando no ministério, tenha muitas vitórias e possa se alegrar bastante

com elas.

Faz muito tempo que não tenho o sabor de uma vitória, creio que já está

na hora do Senhor me dar uma mãozinha. Espero que Ele concorde comigo e, se

concordar, logo, logo, estarei narrando neste mesmo livro, o que Ele mais fez de

maravilhoso, é só aguardarem. Tenham paciência e fé que lerão!

Depois de muito insistir, o irmão a que me referi no começo deste

capítulo me telefonou. Não estava conseguindo orar em línguas, por mais que tivesse

tentado, usando todos os expedientes que lhe dei por e-mail.

Oramos juntos, por telefone e vi o Senhor carregando um barquinho onde

tinha dois cadáveres. Eu tinha acabado de pedir ao irmão para ele fechar os olhos e

pedir a Jesus para lhe mostrar se tinha tido algum ódio contra alguém e ele tinha

pensado a respeito e me informado que o Senhor não lhe mostrara nada!

Logo em seguida o Senhor me deu uma visão de algo relativo ao

Exército, então, o irmão me informou que toda a família dele era de militares e, aí, sim,

lembrou-se de um dos parentes contra quem tivera ódio; e, logo em seguida, de outro.

Confessado os ódios como assassinatos e tendo pedido perdão por ter participado de

Ceias do Senhor com tais crimes: ficou livre!

Esta era a razão pela qual o irmão não tinha conseguido orar em línguas,

por mais que tentasse. Jesus queria que ele entrasse em contato com alguém antes, para

ser liberto daqueles cadáveres!

Depois disso tive uma visão de mim mesmo, deitado numa rede suspensa

entre dois coqueiros, numa ilha deserta. Era o sinal do Senhor dizendo que eu já tinha

cumprido minha missão com aquele irmão, despedimo-nos ele saiu orando em línguas e

saiu mais este capítulo.

MARANATA!

Capítulo 620

Caça-Fantasmas

Muita gente pensa que filmes como Os Caça-Fantasmas são simples

historinhas cômicas e, assim, engole a receita que o diabo lhe passa. Um filmezinho

aqui, outro ali sobre o mesmo assunto, é assim que o diabo consegue ir avançando no

território do homem sem que o mesmo se aperceba do engodo. Livros, teorias e

doutrinas sobre o espiritismo são todas armadilhas letais; quem quiser que se meta

com as mesmas.

Para princípio de conversa, quero que os leitores saibam de uma coisa:

não existem fantasmas, eles não aparecem, nem podem ser presos por nenhuma

armadilha paranormal, e não se materializam! Assim, como não existem espíritos

desencarnados que conversem com vivos. Tais coisas são truques do diabo, com os

quais consegue enganar as pessoas e até usá-las, para roubar mais e mais do território e

poder humano sobre o domínio da Terra.

Que acontecem coisas paranormais, acontecem, porém, todas provocadas

por demônios especializados no assunto. A menor prática de adivinhação que você

imaginar terá um demônio por perto. Por isto Deus proíbe tais práticas. Um simples

jogo numa loteria (autorizada pelo Governo!) e você já pode cair nas malhas de quem

não quer, o demônio do: pitonismo!

Espíritos vêm falar com vivos? Sim e não. Os demônios são espíritos e

fazem isto, já os espíritos de humanos mortos não podem fazê-lo; há um abismo

separando a Terra do mundo espiritual; é só lerem a história do pobre Lázaro e do

rico, contada pelo próprio Jesus, em Lucas 16: 20-25. Agora, se não acredita em Jesus,

sinto muito, não é crente nem cristão e nem precisa continuar a ler meus livros.

O problema principal nisto tudo, não é querermos convencer vocês,

espíritas, de que estão errados e nós certos. O problema é que nós (os filhos de Deus)

cremos na Bíblia ser a Palavra de Deus, que nos foi dada por Ele, para nos ensinar e

orientar a andar saudável e vitoriosamente na Terra.

Os homens naturais (carnais) não crêem nisto, mas, podem vir a crer em

qualquer coisa que o diabo lhes apresente como verdadeira ou, preferem viver como

ateus ou agnósticos; o que, da mesma forma, não irá lhes ajudar nem aqui, nem na vida

futura!

Fenômenos paranormais acontecem, porque o diabo os provoca para

atrair pessoas para o espiritismo ou culto a mortos. Outro dia uma irmã me telefonou

perguntando-me o que eu achava que acontecera em sua casa. Narrou-me o seguinte:

- Tenho duas jarras de prata, que ficam em cantos extremos da minha

sala. Ontem, uma delas deu uma explosão e subiu até quase bater no teto. Depois caiu

de forma estranha. Pois, ao invés de descer verticalmente, caiu desviando-se da mesa

onde estava antes, atingindo o chão ao lado dela. Que é que você acha?

- Demônio, irmã; e você já sabe disto! Você abriu alguma porta na sua

casa e, pronto, eles aproveitaram! Agora é descobrir o que fez de errado e fechar logo

esta porta, para as coisas não se complicarem.

Já presenciei inúmeras experiências paranormais , porém, todas foram

causadas por demônios, os quais conseguiram uma brecha em determinado lugar, para

aprontar as suas. Não pensem, também, por favor, que existam: ETs, gnomos, elfos,

fadas, sacis-pererês, papai-noel, etc. Tudo isso PODE APARECER SIM e aprontar

alguma coisa, mas, são apenas demônios travestidos ao gosto dos espectadores.

Se um parente seu aparece numa sessão espírita e fala coisas que

ninguém mais sabia, não houve a menor maravilha nisso! O diabo sabe tudo que as

pessoas fizeram (principalmente as coisas más, praticadas em oculto e instigadas por ele

mesmo!) daí, revelam aquilo imitando a voz e os trejeitos dos falecidos.

O diabo sabe manejar, extremamente bem, as emoções das pessoas. Ele

sabe como falar como uma mãe que se foi, como uma esposa idolatrada que faleceu, e

não perde a oportunidade de atrair incautos às armadilhas das práticas paranormais ou

afins, da mesma forma como atrai os pecadores usando: a beleza, a música, os

perfumes, o dinheiro, tudo que toca os sentidos.

Outra coisa em que não devem acreditar (para não sofrerem depois) é a

crença de que podem afastar demônios com: rezas, práticas religiosas, crucifixos,

rosários, balas de prata, alho, Bíblias abertas em casa ou estas bobeiras todas juntas.

Eles vão zombar de vocês e dar-lhes um troco que não esperam.

O diabo só foge diante do Nome de Jesus e daqueles que têm a

Autoridade para usar tal Nome; ou seja, dos crentes, dos batizados com o Espírito

Santo! Afora estes, nenhuma religiosidade, missa, sacrifício, penitência, símbolo,

carinha manhosa, chapéu ou vestimenta diferente os assusta.

Claro, se você é um escolhido, um Filho de Deus, ouvirá e atenderá ao

que eu disse agora; porém, se não é, levará tudo para o lado de mais uma pendenga

religiosa ou teológica na qual eu creio que minha religião é mais sábia e melhor que a

sua e pronto! Neste último caso, só tenho a lamentar por você, por sua família, e pelo

futuro de todos vocês. Nada mais.

MARANATA!

CAPÍTULO 621

COMBATE

Os seres humanos vivem em um eterno combate, mesmo quando

aparentemente brincam ou descansam nas praias, estão mergulhados no meio de uma

guerra feroz, entre o Bem e o Mal. Por isto nosso Rei avisa:

Sabemos que somos de Deus, e que o mundo inteiro jaz no Maligno.

(1ª João 5: 19).

Mas o Senhor já determinou para Seus Filhos:

Domina no meio dos vossos inimigos (Salmo 110:2).

Existem dois tipos de homens na Terra: os homens naturais (ou

criaturas de Deus) e os homens espirituais (ou Filhos de Deus). O homem natural luta

incessantemente, pela retomada do poder que o diabo lhe tomou, quando Adão caiu. Ele

luta, mesmo sem saber ou perceber o que anda fazendo e sem a menor chance de

vitórias. Por isso, muitas vezes, esta luta se dá entre os próprios homens naturais ou suas

nações; porque o diabo maneja habilmente suas mentes, realidades e sentimentos

naturais, para tal acontecer.

Como o olho espiritual dos homens naturais é cego, eles não conseguem

enxergar quem é, de fato, o seu verdadeiro inimigo; e se engalfinham eternamente em

busca daquele poder perdido. Desde criança os humanos naturais são educados a

lutarem pela existência, com jogos e disputas adequadas. Nas escolas são

empanturrados de conhecimentos para manterem o statu-quo e o defenderem com

unhas e dentes.

Esta luta incessante só cessará, quando o Senhor Jesus tomar posse da

Terra e a governar por Mil Anos (depois de ter prendido satanás e seus anjos!). Nesta

época continuarão a nascer na Terra homens naturais de índoles boas e outros, de

índoles más, misturados; porém, todos terão de obedecer ao Senhor porque Ele regerá a

Terra com vara de ferro, diz a Palavra em Apocalipse 12: 5:

E deu à luz um filho, um varão que há de reger todas as nações com

vara de ferro; e o seu filho foi arrebatado para Deus e para o seu trono .

Depois dos Mil Anos o Senhor libertará satanás novamente e, rápido, ele

irá arregimentar os homens de índole má, para uma revolta total no planeta. Será, então,

que acontecerá o Armagedom, (a Mãe de Todas as Guerras) que o Senhor vencerá

eliminando, para sempre os que não prestam, da face da Terra.

Isto parece contrariar o que Jesus promete aos seus irmãos, aos Filhos de

Deus, em João 14: 27, ao dizer:

Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; eu não vo-la dou como o mundo

a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.

É importante, aqui, observarmos a parte em negrito do versículo. A Paz

que Ele nos dá é uma Paz que provém diretamente d Ele! Não é o tipo da paz que o

mundo vive exibindo, como se a tivesse encontrado, numa falsa ilusão preparatória de

novos conflitos.

A Paz que o Senhor Jesus nos dá é: Paz com Deus! Uma Paz que traz ao

coração e mente dos Filhos de Deus a certeza de que não têm mais brigas nem conflitos

com Deus e de que a vitória final será deles, seja em qual for a batalha.

É por isto que Ele recomenda não nos atemorizarmos. Porque sabe que os

combates não vão terminar ainda, mas, apesar disto, podemos usufruir a Paz que é Mãe

de Todas as Pazes, mesmo no centro dos maiores conflitos da Terra. Aleluia!

MARANATA!

Capítulo 622

PRIMEIRA LIÇÃO?

17.04.2010. Depois de o Senhor convidar (a mim e a minha parceira de

oração) para penetrarmos mais no Rio do Espírito, pedimos-Lhe para nos ajudar a

respeito; pois, não tínhamos a menor idéia de como fazer tal coisa e, mais tarde,

aconteceu algo que me chamou a atenção. Estava numa fila para pagar o almoço,

quando vi que a moça do caixa estava com o pescoço entrevado, fiquei na dúvida se era

ou não, para agir como fiz, numa situação idêntica, na qual o Senhor honrou minha

oração.

Pensei ser melhor errar por excesso que por escassez, portanto, chamei a

moça para perto e expulsei do seu pescoço os dardos do maligno ali mesmo, na frente

de todo mundo. Resultado, nada aconteceu, ela continuou como estava e eu saí de mãos

abanando.

Creio que sei o que o Senhor já estava me ensinando acolá! Era que o

Evangelho não é como a ciência em que uma coisa acontecendo de certa forma uma

vez, conclui-se: irá ocorrer sempre daquela forma!

Exatamente dos nossos conhecimentos científicos o Senhor precisa nos

libertar, para podermos entrar mais fundo, no Rio do Espírito. Está escrito em Mateus 5:

3:

Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos

céus.

E está escrito:

Destruirei a sabedoria dos sábios, e aniquilarei a sabedoria o

entendimento dos entendidos , em 1ª Corintos 1: 19.

Eu já tinha notado como a maioria das orações que fazia pelos outros

davam certo e, quando orava por mim mesmo, nem sempre isto acontecia! É que, ao

perceber o tipo de enfermidade que me incomoda, com todas as suas significações

científicas e médicas, bloqueio minha fé! Estou com o espírito RICO de informações

que contrariam o que a fé simples declara: Jesus levou minhas enfermidades sobre Si! E

com incredulidade não obtemos vitórias!

Porque no evangelho é revelada, de fé em fé, a justiça de Deus, como

está escrito: Mas o justo viverá da fé. Romanos 1: 17.

E, como diz Hebreus 11: 6:

Ora, sem fé é impossível agradar a Deus; porque é necessário que

aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que é galardoador dos que o

buscam.

Temos de descobrir uma forma de CRER, que supere todas as

informações que nos foram colocadas na nossa mente, desde nossa infância, a respeito

de: enfermidades, ciências e religião, se queremos agradar mesmo a Deus! Vamos ver

COMO conseguirei isto!

Por enquanto, esta é a primeira lição. Veremos no que vai dar tudo.

Aguardem.

Numa reunião seguinte com outra irmã que nada sabia daquele convite,

ela teve uma visão, onde me via entrando num rio até determinado ponto e, daí,

retornando, como quem desiste de seguir em frente.

- Puxa! Eu quero ir em frente, só não sei ainda como fazer!

MARANATA!

Capítulo 623

ISRAEL E EGITO

São dois países representativos espiritualmente de dois tipos humanos a)

Israel o Povo de Deus e b) Egito, o Povo do Mundo.

Eu estava assistindo a um programa de TV, quando anunciaram novo

programa sobre o Egito. No trailler do mesmo apareciam múmias, pirâmides, tumbas,

deuses egípcios (essas coisas de sempre!) e tive a atenção alertada para um fato: sobre

como a quantidade de informação sobre tudo o que se refere ao Egito é fenomenal (e,

geralmente, envolta em mistérios, magia, cadáveres e múmias) enquanto a informação

que a mídia nos dá a respeito de Israel é mixa, raramente temos um programa a respeito

daquele Estado ou, da sua história espiritual!

Existem várias religiões e práticas místicas no mundo todo, calcadas na

sabedoria dos faraós e seus magos, considerados fantásticos e insuperáveis, no

entanto, ao lermos a história bíblica do Egito, vemos que, na realidade, não foi isso!

Primeiro, porque os judeus foram para o Egito e foi José (um judeu)

quem evitou aquele país ser dizimado pela Seca dos Sete Anos (que nenhum faraó ou

mago soube como vencer!). Depois os judeus ficaram escravos dos egípcios porque

começaram a ser ricamente abençoados acolá, de tal forma que o Faraó não gostou e

resolveu dizimar a população judia.

Isto aconteceu anos atrás, na Alemanha, onde Hitler jogou sobre os

judeus-alemães a culpa de tudo de ruim por que aquela nação estava passando. Não é

significativo? Hitler, o louco hediondo, que queria dominar o mundo por MIL ANOS

terminou suicidando-se, mas, ainda culpando seu povo por não ser tão bom como ele

queria!

O fato é que o Deus de Israel tirou seus judeus das mãos do Faraó, dos

seus magos e dos seus deuses, por meio das pragas que Moisés profetizou e, por cima,

ainda afogou, no mesmo lugar pelo qual os judeus passaram a pés enxutos, toda a turma

de soldados, junto com o próprio Faraó!

Onde está o poder maravilhoso do Egito? Onde seu sábio Faraó, seus

magos com suas bruxarias e mortos ressequidos? Israel venceu, gente! Israel foi o

vencedor; mas, parece que, para o mundo, a coisa foi bem diferente e, não passamos um

dia sem que vejamos a propaganda de algo do Egito como: maravilhoso!

Poucos anos atrás, o Egito (junto com todo povo árabe) foi tentar

expulsar Israel de sua terra (adquirida em um dia, conforme profetizou Isaías 66: 8):

Quem jamais ouviu tal coisa? quem viu coisas semelhantes? Poder-se-

ia fazer nascer uma terra num só dia? nasceria uma nação de uma só vez? Mas logo

que Sião esteve de parto, deu à luz seus filhos.

Deu-se a Guerra dos Seis Dias na qual, as nações árabes, super armadas,

foram dizimadas pelo incipiente exército israelense, à vista do mundo inteiro! Onde os

deuses egípcios?! Creio que dormindo.

Há uma tendência a se zombar dos judeus, mas: a) eles sempre

prosperam e muito; b) é a nação com maior número de trabalhos científicos; c) se

distinguem em todas as áreas do conhecimento humano; d) fizeram o deserto florescer

e, por aí, vai. Pergunto: Isto acontece porque o Deus deles é o verdadeiro ou o falso?

Até alguns cristãos iram-se contra Israel, porque eles: mataram Jesus!

Pergunta: SE ninguém tivesse imolado Jesus, onde estaria nossa salvação cristã?

Aqui, a coisa se aprofunda mais e mais, e já não tratamos apenas do

Israel material e do Egito material; porém, das duas forças espirituais: Jesus e o diabo,

em guerra por territórios.

O diabo cria religiões, drogas, ídolos e partidos políticos, para vencer o

Deus de Israel, o Cordeiro Judeu imolado : Jesus! Inutilmente.

Aviso: os verdadeiros cristãos devem sair do grupo que menospreza e

zomba do povo judeu porque, na própria Bíblia (que dizem seguir) está escrito em

Gênesis 12: 3:

Abençoarei aos que te abençoarem, e amaldiçoarei àquele que te

amaldiçoar; e em ti serão benditas todas as famílias da terra.

Esta recomendação é real, não é como as ridículas conclusões tiradas das

propagandas do tal legado egípcio, que a mídia tanto divulga! É o Deus verdadeiro e

vitorioso que avisa: Olha bem por qual caminho está indo, não se fie no homem, pois,

se ele estiver errado e você o seguir cegamente irá cair no mesmo despenhadeiro que

ele!

Cuidado com as piadinhas sobre os judeus, o mais certo seria procurar

seguir o mesmo Deus que eles (atualizados com Jesus) e prosperar, também, se é que

invejam a riqueza e a inteligência deles.

Mas, todas estas coisas ruins derivam, enfim, do que Jesus declarou:

O mundo jaz no maligno (1ª João 5: 19). E o povo do mundo é do

mundo e ninguém pode mudar isso. Assim, quem seguir cegamente a imundícia do

mundo, irá terminar mesmo é no tremedal de fogo eterno, que aguarda.

MARANATA!

Capítulo 624

MALVADA CARNE

A mãe telefonou para mim, aflita, perguntando-me se podia trazer seu

filho até minha casa, para orarmos por ele. Relatou algo estranho acontecido, o menino

(que tem uns 12 anos de idade) saíra para o colégio perfeitamente bem, mas, lá, de

repente, no meio de uma aula, sentiu uma tristeza tão grande que caiu num choro

incontido, para espanto de todos (para espanto maior dele, que não sabia sequer porque

estava chorando!).

Em menos de meia hora chegou com o garoto. Ele já tinha sido batizado

com o Espírito, há alguns anos. Eu só não sabia como andava sua vida espiritual, porque

sua mãe, professora universitária, sempre se mostrou um pouco diferente, quanto à

forma de entender o Evangelho.

Fomos orar. Imediatamente o Senhor me mostrou a razão do repentino

ataque de choro do rapazola: ódio! Ele vivera duas ocasiões nas, quais ODIARA e ódio

é assassinato, conforme diz. 1ª João 3: 15:

Todo o que odeia a seu irmão é homicida; e vós sabeis que nenhum

homicida tem a vida eterna permanecendo nele.

Portanto, como ele estava levando dois cadáveres nas costas, só podia ter

problemas! Mas o Senhor o tranqüilizou, deixara o diabo lhe dar aquele solavanco só

para acordá-lo da sua letargia espiritual. Há poucos dias seu irmão mais moço estivera

sentado na mesma cadeira, e o Senhor tinha rompido um cordão umbilical espiritual,

que ainda o unia à mãe. Estava acordando, agora, o mais velho para a luta.

Expliquei-lhe tudo sobre ódio, expulsamos o demônio que o perturbava,

ele imediatamente se sentiu melhor. Terminada a reunião, me agradeceu por tudo e

partiram.

Porém, não gostei de uma coisa, foi quando me pediu instruções em

como dizer qual religião seguia se lhe perguntassem!

Eu lhe disse que Jesus tinha vindo para pregar o Evangelho, as Boas

Novas, e que nós éramos soldados d Ele, requisitados para expandir Seu Reino na

Terra. O mais correto, portanto, seria dizermos sermos: evangélicos!

Ele olhou de lado, para a mãe. Ela disse que seria melhor dizer que era

cristão apenas. Percebi que tinha algo contra evangélicos, e emendei:

- Olha cristão, comumente engloba todo tipo de seitas, até congregações

que nada têm de cristãs como, por exemplo: catolicismo, testemunha de Jeová,

mormonismo, etc. Evangélico será o mais certo, embora muitas denominações que se

digam evangélicas hoje, também não pratiquem o Evangelho, o que deixa tudo um

pouco confuso!

Eu prefiro me dizer evangélico, porque Jesus pregou o Evangelho. Já

quem ensinar outro evangelho que arque lá com as conseqüências! Porque Evangelho

mesmo só há UM, conforme Jesus declara em Gálatas 1: 6-7:

Estou admirado de que tão depressa estejais desertando daquele que

vos chamou na graça de Cristo, para outro evangelho, o qual não é outro; senão que

há alguns que vos perturbam e querem perverter o evangelho de Cristo.

Nem Jesus (nem ninguém) pode ser responsabilizado por existirem

pessoas que se digam ser crentes ou evangélicos sem o serem e sem mostrarem os

SINAIS DOS QUE CREEM; conforme Jesus avisou em Marcos 16: 17, ao dizer:

E estes sinais acompanharão aos que crerem: em meu nome

expulsarão demônios; falarão novas línguas, se impuserem as mãos, enfermos serão

curados, etc.

Enfim, trabalho completado, mãe e filho voltaram felizes para casa,

depois da mãe do garoto ter recebido uma ordem, para lermos Lucas 8: 42, que diz:

Ainda quando ele vinha chegando, o demônio o derribou e o

convulsionou; mas Jesus repreendeu o espírito imundo, curou o menino e o entregou a

seu pai.

Prego batido, ponta virada, mais um território reconquistado para o

Senhor.

MARANATA!

Capítulo 625

A ORAÇÃO E A ONDA

Todos conhecem aquelas ondas que se propagam em círculos, quando

jogamos uma pedrinha num lago ou rio espelhado. Uma irmã, pela quarta vez, me pediu

oração, e pude perceber que os problemas dela eram sempre decorrentes da mesma

causa: deixar para depois o Reino de Deus e Sua Justiça!

Nesta última vez o Senhor me deu a visão de uma torneira pingando uma

gotinha, num lago imenso. As ondas circulares se formaram e foram seguindo,

seguindo, até se perderem de vista.

Depois, o Senhor me deu a revelação da visão: significava quando Ele

nos ordena orar (ou fazermos algo pelo Reino!) e postergamos isto (seja por qual razão

for como, por exemplo: interesse próprio, interesse de nossa congregação, pastor, etc.)

este nosso desdém pelo Rei atrapalha até o funcionamento do que diz Mateus 6: 33,

quanto às nossas próprias bênçãos:

Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas

vos serão acrescentadas.

As nossas omissões (ou atrasos) trazem prejuízos tanto para nós mesmos,

quanto para o Reino de Deus e Sua Justiça, na Terra!

Por exemplo: o Senhor ordena a irmã Marta a fazer determinada obra,

num lugar x . Por ser obediente ela inicia imediatamente o trabalho, mas, depara-se

com um problema que não consegue resolver. O Senhor, então, ordena que outra

pessoa, Dona Luíza (de outro lugar do mundo) interceda (em línguas estranhas, claro!)

para aquele obstáculo ser removido de alguém, Marta, (que Dona Luiza não conhece e

vive bem longe dela) mas, Dona Luiza deixa este trabalho para depois ou, se esquece

dele!

O que acontece é que aquela primeira irmã, que tinha uma missão a

cumprir, vai ficar dias lutando com o problema e, talvez, até desista da missão por julgar

não provir do Senhor! E, enquanto ela luta sem sair do canto, outras pessoas que iriam

ser abençoadas pelo que ela deveria ter feito, também, não serão abençoadas e, numa

sucessão de eventos falhos, todo um plano divino pode atrasar até o Senhor achar outra

pessoa que Lhe obedeça de pronto, para refazer todo o plano baldeado por: Dona Luíza!

E Dona Luíza, TAMBÉM, não irá receber as bênçãos que o Senhor tinha

colocado para ela, no decorrer do seu trabalho! Assim, pensando estar tirando melhor

proveito do seu tempo, Dona Luíza (a irmã descuidada) estará é atrasando, além de suas

próprias bênçãos, todo o processo de abreviação da chegada do Reino de Deus e Sua

Justiça à Terra!

Muita gente confunde trabalho religioso com espiritual! Quando Jesus,

pessoalmente, nos ordena algo específico, este é um trabalho ESPIRITUAL, que

devemos colocar acima de quaisquer outros; mesmo que estes outros sejam trabalhos de

sumo interesse da nossa congregação e do maior agrado do pastor ou autoridades

eclesiásticas!

Lembrem-se: Jesus é REI e SENHOR e estes cargos Ele não dá a

ninguém! Quando dá uma ordem espera que a cumpramos. Andar pelo Espírito, às

vezes irá nos deixar em situações que achamos conflitantes, mas, que não o são, porque

o Espírito vê até onde vão os efeitos das ondinhas de orações que fizermos no nosso

lago espiritual. E vê muito além do que nossos olhos carnais podem ver e, justo por isso,

devemos nos dirigir por Ele e não por nossa lógica a respeito do que seja mais

importante para Deus, para nós mesmos ou, para os outros.

Espero que este meu trabalho possa abrir os olhos de muitos irmãos a

respeito do assunto, por ser de altíssima importância abreviar-se o retorno do Senhor

a Terra, e para sermos um povo visivelmente: abençoado. Aleluia!

MARANATA!

Capítulo 626

CARIDADE

Há duas versões da Bíblia traduzida por João Ferreira de Almeida e, entre

elas, dou preferência à Revista e Atualizada , onde a palavra AMOR, em 1ª Corintos

13, substitui a palavra CARIDADE.

Por que faço isso? Simples: porque CARIDADE, hoje, significa algo

bem diferente do AMOR ao qual 1ª Corintos 13 se refere ao: AMOR ÁGAPE, o

AMOR DE DEUS, que nenhum ser humano pode ter, a não ser que o Espírito de Deus o

derrame em seu coração como um dom do Espírito (1ª Corintos 14).

Aliás, este AMOR é o MAIOR DE TODOS os dons! O único que

levaremos para o céu e continuará conosco, visto os outros dons não nos serem mais

necessários lá.

Para que dons de curas se no céu não existem enfermidades? Dom de

expulsar demônios? Para que? Dom de línguas, para que, visto que entenderemos

qualquer língua que exista no céu ou na Terra? Profecias? Ora, lá saberemos tudo, como

Jesus sabe HOJE!

Agora, vejam o que Deus fala em 1ª Corintos 13: 3, sobre a tal caridade,

tão praticada por muitos que tentam se aproximar de Deus por meios religiosos:

E ainda que distribuísse todos os meus bens para sustento dos pobres,

e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado e não tivesse amor, nada disso

me aproveitaria.

Vejam: podemos fazer atos extremos de caridade: SEM AMOR!

Na verdade o cristão NÃO-BATIZADO com o Espírito Santo, jamais

poderá fazer nada do que Deus quer, isto lhe é: IMPOSSÍVEL. Porque o AMOR que

tudo deve permear é DOM DO ESPÍRITO e só quem é batizado com o Espírito santo

poderá manifestá-lo. Fácil assim!

Conheci muitos cristãos que não eram batizados com o Espírito Santo e

diziam ter o DOM DO AMOR, apesar de não ter nenhum dos outros dons. Sei que o

amor é lindo (como dizem por aí), mas, certamente, este NÃO é o AMOR a que Deus

se refere!

Conheci outros, que diziam ter o dom da PROFECIA (outro dom

MAIOR) quando sequer oravam em línguas, operavam curas, ou expulsavam demônios,

dons menores ! Estas pessoas se auto-iludem: como podem ser fiéis no MUITO, sem o

serem no POUCO?

É fácil dizer que se tem o dom do AMOR para enganar; basta se dar uma

esmola, fazer um favorzinho a alguém ou, uma carinha de santo. Quem irá querer negar

que isto é bom ou bonito?

Deus! Deus o nega! Vamos dar um exemplo, se você faz parte de uma

seita evangélica (dessas que existem aos milhões por aí) todo bem que julga estar

fazendo lá dentro é falso; de fato estará fazendo é o contrário, atraindo pessoas para a

arapuca onde você mesmo caiu e isto não é bem algum! Não importa que você dê a

vida por aquela arapuca, será sempre uma arapuca diabólica!

Não podemos esconder os lugares onde Jesus anda e apóia, pois, neles

acontecerão: MILAGRES, PRODÍGIOS, CURAS e LIBERTAÇÕES visíveis e

testemunhadas ante todos; isto, porque o Jesus de HOJE é o mesmo de ONTEM e o será

ETERNAMENTE!

Quem não acredita nisso, não acredita no mesmo Jesus que eu e a Bíblia

pregamos! Crê noutro Jesus qualquer, um morto, um despido de Poder e Majestade e

este não é o Jesus VIVO, HOMEM, DEUS, SENHOR, SALVADOR e REI que a Bíblia

prega.

O que existe de pessoas enganadas neste mundo, não está no gibi. Com a

facilidade de se dar uma esmola ou fazer uma carinha de santo para se parecer do céu,

muitos enganam e são enganados. É uma lástima, porque a boa árvore se conhece pelos

seus frutos, não pela aparência dela, nem só por ter se dado o nome de boa árvore!

Se Jesus estiver numa congregação, seu Poder e Glória ali se

manifestarão com o que interessa: CURAS, LIBERTAÇÕES, MARAVILHAS e

MILAGRES. Se tal não acontecer, Ele não está ali, cuide-se, porque o diabo é sabido e

anda solto, justamente onde Jesus não anda!

MARANATA!

Capítulo 627

COISA ESTRANHA

Tenho uma amiga que foi batizada com o Espírito Santo, mas que, até

agora, não procurou mudar seu sistema de vida e sempre me causa espanto. Bem, quem

batiza com o Espírito é Jesus e sou testemunha de que Ele a batizou! Mas o espanto

continua.

Ontem ela veio à minha casa para tratar algo com minha esposa, porém,

de fato, terminou batendo um longo papo comigo a respeito de como acreditava nas

coisas. Tudo errado!

Disse-me não acreditar em demônios como seres espirituais, como eu

acreditava, e que iria aproveitar a oportunidade para me dizer algo que, há muito, queria

me dizer: que eu falava muito do diabo, o que não achava correto!

Eu lhe disse que Jesus expulsou demônios e se ela não acreditava neles,

então, como acreditava em Jesus? A teoria dela era a seguinte: se os demônios fossem

seres angelicais que podiam entrar nas vidas humanas para perturbar, os anjos de Deus

também, poderiam e, assim, neutralizariam os demônios; ora, como vemos humanos

perturbados, não deve ser por causa de seres espirituais, mas, por causas dos próprios

humanos.

Depois que eu disse que a leitura contínua da Bíblia era a única forma