O fim da Escultura

O fim da Escultura
Aviso: artigo curto "Toda escultura moderna é uma espécie de totemização. Há uma recusa da certeza mimética, da cópia da realidade, em abertura para a incisão mítica, para o referencial abstrato ou arcano. O escultor moderno, a partir de Rodin, abandona o corpus aristotélico, de contornos firmes e figurações fixas, e instala na forma tridimensional a instabilidade. O que a escultura do século XX faz é modificar o cruzamento, retirá-lo da correspondência binária...
Esta é apenas uma pré-visualização em PDF das primeiras páginas do O fim da Escultura. Baixe a versão completa para ler o livro completo.
Nota: Você deve ter o Adobe Reader ou o Acrobat Installed para ver esta visualização
Você não tem o Adobe Reader instalado. Para ver esse arquivo, baixe Adobe Reader em <a href="http://get.adobe.com/reader/" target="_blank">aquí</a>. Ou, se quiser baixar o PDF para seu computador, clique <a href="https://portugues.free-ebooks.net/ebook/O-fim-da-Escultura/pdf">aqui</a>.