O gato que ri do meu ego esquizofrênico

O gato que ri do meu ego esquizofrênico
Mas é no fim do século XIX que começa a prática de se explicitar a fama de pederasta deste au daquele sujeito. O Brasil também vivia a era vitoriana e também teve os seus oscarwildes. Por exemplo: no início do século XX, nas rodas de intelectuais cariocas, eram conhecidas os reais motivos pelos quais vedado ao escritor João do Rio o acesso à cameira diplomática: era homossexual, negro e gordo ou desengonçado. Mas nem os diplomatas brasileiros ficaram imunes à homofobia reinante...
Esta é apenas uma pré-visualização em PDF das primeiras páginas do O gato que ri do meu ego esquizofrênico. Baixe a versão completa para ler o livro completo.
Nota: Você deve ter o Adobe Reader ou o Acrobat Installed para ver esta visualização
Você não tem o Adobe Reader instalado. Para ver esse arquivo, baixe Adobe Reader em <a href="http://get.adobe.com/reader/" target="_blank">aquí</a>. Ou, se quiser baixar o PDF para seu computador, clique <a href="https://portugues.free-ebooks.net/ebook/O-gato-que-ri-do-meu-ego-esquizofrenico/pdf">aqui</a>.