Padres conciliares brasileiros no Vaticano II: participação e prosopografia - 1959-1965 por José Oscar Beozzo - Versão HTML

ATENÇÃO: Esta é apenas uma visualização em HTML e alguns elementos como links e números de página podem estar incorretos.
Faça o download do livro em PDF, ePub, Kindle para obter uma versão completa.

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO - USP

PADRES CONCILIARES BRASILEIROS

NO

VATICANO II:

PARTICIPAÇÃO E PROSOPOGRAFIA

1959-1965

JOSÉ OSCAR BEOZZO

TESE APRESENTADA À FACULDADE DE FILOSOFIA,

LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS DA UNIVERSIDADE

DE SÃO PAULO, USP, COMO EXIGÊNGIA PARCIAL

PARA A OBTENÇÃO DO TÍTULO DE DOUTOR EM

HISTÓRIA SOCIAL, SOB A ORIENTAÇÃO DA

PROFESSORA DOUTORA MARIA LUIZA MARCÍLIO

SÃO PAULO - 2001

ÍNDICE

2

RESUMO

3

AGRADECIMENTOS

4

ABREVIAÇÕES, SIGLAS, OBSERVAÇÕES SOBRE AS FONTES E A METODOLOGIA

7

INTRODUÇÃO

22

I. ANÚNCIO E PREPARAÇÃO: 1959-1962

42

1. ANÚNCIO DO CONCÍLIO: 25 de janeiro de 1959

42

2. FASE ANTE-PREPARATÓRIA - OS VOTA DO EPISCOPADO: 1959-1960

48

3. FASE PREPARATÓRIA: 1960-1962

94

II. O CONCÍLIO: 1962-1965

115

1. CONCÍLIO: EVENTO POLÍTICO-RELIGIOSO

115

2. A ABERTURA DO CONCÍLIO

125

3. LOCAL DE MORADIA E TRABALHO: A DOMUS MARIAE

131

4. PONTO DE APOIO: O COLÉGIO PIO BRASILEIRO

137

5. PONTOS DE ARTICULAÇÃO: AS REDES DE RELAÇÕES

144

5.1. Redes preexistentes

144

5.2. Redes constituídas durante o Concílio

153

6. AS CONFERÊNCIAS DA DOMUS MARIAE

162

7. ELEMENTOS PARA A INTERPRETAÇÃO DA PARTICIPAÇÃO BRASILEIRA

180

7.1. Intervenções do episcopado: 1962-1965

180

7.2. Temáticas próprias e intervenções desaparecidas

216

7.3. Mensagens dos bispos ao povo brasileiro

224

8. PASTORALIDADE E COLEGIALIDADE:

238

8.1. Do Plano de emergência ao Plano de pastoral de conjunto

238

8.2. Concílio e nova dinâmica episcopal

242

8.3. Encaminhando a recepção: o olhar voltado para o futuro

249

III. PROSOPOGRAFIA

255

1. INTRODUÇÃO

255

2. BISPOS BRASILEIROS NA ÉPOCA DO CONCÍLIO

270

3. TABELAS

378

IV. CONCLUSÕES

383

V. INDICAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS

400

VI. CADERNO ICONOGRÁFICO

424

RESUMO

A tese estuda a participação do episcopado brasileiro no Concílio Vaticano II, convocado e inaugurado pelo Papa João XXIII (1959-1963), continuado e concluído por Paulo VI (1963-1965): etapa antepreparatória (1959-1960), com as respostas ( vota) dos bispos e prelados à consulta romana; etapa preparatória, com os trabalhos nas comissões preparatórias (1960-1962) e etapa conciliar, nos seus quatro períodos, com as intervenções na Aula Conciliar ou depositadas por escrito (1962-1965). Analisa outros aspectos da vida e atividades do episcopado brasileiro em Roma: local de moradia e trabalho; pontos de apoio; inserção nas redes de articulação formadas antes e durante o Concílio; promoção das assim chamadas Conferências da Domus Mariae, Mensagens ao povo brasileiro; elaboração do Plano de Emergência da Igreja do Brasil (PE –

1962) e encaminhamento da recepção do Concilio, com o Plano de Pastoral de Conjunto (PPC - 1965).

Conclui com a prosopografia de todos os bispos e prelados brasileiros que tiveram direito, nem sempre exercido, de participarem das diversas etapas do Concílio; a bibliografia e um caderno iconográfico.

Palavras-chave: Concílio - Vaticano II – CNBB - Bispos brasileiros - D. Helder Camara ABSTRACT

The thesis studies the participation of the Brazilian episcopate in the Second Vatican Council, convoked and inaugurated by Pope John XXIII (1959-1963), continued and concluded by Paul VI (1963-1965): the pre-preparatory phase (1959-1960), with the replies ( vota) of the bishops and prelates to the Roman consultation; the preparatory phase, with the work done in the preparatory commissions (1960-1962) and the conciliar phase, with its four periods, and with the interventions in the Plenary Sessions of the Council or submitted in writing (1962-1965). The thesis also analyses other aspects of the life and activities of the Brazilian episcopate in Rome: where the bishops stayed, where they found support; how they were linked into the various net-works that were formed before and during the Council; the promoting of the events that went under the title of the Domus Mariae Conferences, of the Messages to the Brazilian People; the elaboration of the Emergency Plan for the Church in Brazil (PE – 1962) and the steps taken to ensure the reception of the Council, with the Joint Pastoral Plan (PPC – 1965). It finishes with a prosopography of all the Brazilian bishops and prelates who had the right, not always exercised, of participating in the various stages of the Council; a bibliography and iconography.

Key-words: Council; Vatican II; CNBB; Brazilian Bishops; D. Helder Camara

AGRADECIMENTOS

A realização desta pesquisa sobre os padres conciliares brasileiros e sua participação

nas várias etapas da consulta, preparação e realização do Vaticano II, só foi possível, graças à cooperação de muitas pessoas e instituições, em primeiro lugar daquelas que cederam sua documentação para a constituição do Fundo Vaticano II de São Paulo (FVatII/SP).

A algumas delas, agradeço pela compreensão diante de um empenho pastoral,

familiar e profissional mais limitado de minha parte, durante algumas etapas da pesquisa e da redação da tese: à diocese de Lins e ao seu Bispo, Dom Irineu Danelon, às queridas

comunidades da Paróquia São Benedito, ao seu atual Pároco, Pe. Márcio Trojillo, ao Pe.

Hugo d’Ans, Pe. Beto da Catedral, à comunidade das Irmãs de Jesus Crucificado e aos

leigos e leigas que cobriram, muitas vezes, minhas ausências forçadas. O mesmo

agradecimento dirijo ao CESEP, aos companheiros e companheiras da Equipe Executiva e

à Diretoria, que me liberou para algumas semanas de pesquisa em Bologna, assim como a

meus familiares e amigos.

No plano acadêmico, meu mais sincero agradecimento à orientadora e amiga, Profª

Drª . Maria Luiza Marcílio, que me incentivou a preparar este doutorado e acompanhou-o

com competência e, ao mesmo tempo com paciência e compreensão em relação às minhas

limitações de tempo, para a pesquisa e redação da tese. Na USP, dirijo um cordial

agradecimento à professora Dra. Nanci Leonzo e ao professor Dr. Augustin Wernet pela

leitura atenta do trabalho e preciosas sugestões quando do exame de qualificação. Vilma Laurentina Paes, da secretaria do CEHDAL foi o anjo da guarda destes anos todos, para

que não perdesse prazos de matrícula e de entrega de relatórios à Universidade.

Para o exame de qualificação, agradeço muito a Claudir Busnelo, Julimar Ângelo

Kozievitch e a Lourdes de Fátima Paschoaletto Possani que cuidaram do preparo dos

originais, formatação, multiplicação e encadernação dos textos.

Este trabalho não teria sido possível, sem os mais de onze anos de pesquisas para a

História do Concílio Vaticano II, junto com o prof. Giuseppe Alberigo, sua esposa

Angelina, a equipe internacional encarregada da sua elaboração e a equipe do Istituto per le Scienze Religiose de Bologna: Alberto Melloni, Pino Ruggieri, Daniele Menozzi, Giovanni e Mariella Turbanti, Riccardo Burigana, Maria Teresa Fattori, Alessandra Marani, Lucia

Butturini, Silvia Scatena, Marcello Malpensa; Paola Maiardi, Angela Tampieri e Simona

5

Galeotti da Secretaria; as bibliotecárias Marina Camponovo e Luigia Spaccamonti, Pietro Panizzi na informática e os objetores de consciência que trabalham no ISR.

Aqui, no Brasil, Luiz Guilherme Baraúna foi parceiro humano e cuidadoso na

pesquisa da participação do episcopado brasileiro no Concílio Vaticano II e junto com os companheiros e companheiras da CEHILA, ajudou a preparar o Simpósio de Houston,

TX, dedicado ao estudo dos vota do episcopado latino-americano e caribenho. Luiz Carlos somou-se mais tarde ao grupo, pesquisando a figura conciliar de Dom Helder Camara e

concluindo um doutorado sobre a correspondência conciliar de D. Helder.

Recordo com carinho e gratidão a hospitalidade amiga e generosa de Don Giulio

Malagutti, pároco de San Vitale e San Sigismondo, em Bologna, em cujas casas paroquiais fui sempre acolhido fraternalmente, assim como por sua cunhada Maria Malagutti e as

famílias Belinato, Buggeti e Brandani que cuidaram da Casa Paroquial, em momentos

sucessivos.

Aos colegas da comunidade redentorista Pesquisas Religiosas, Antonio Carlos

Oliveira Souza, Dorival Pires de Camargo, João Rezende ( in memoriam); ao atual

coordenador da comunidade, Luiz Gonzaga Scudeler, pela compreensão em facilitar-me

um espaço adicional onde pudesse acomodar os livros, nesta etapa final de redação; a

Márcio Fabri dos Anjos que me convidou para morar na casa; ao Gilberto Paiva e ao irmão Antônio Aparecido dos Santos, com os quais partilhei momentos de oração e distensão,

nas semanas finais da tese, em janeiro/fevereiro de 2001 e, de modo especial, ao Antônio Silva que ajudou a organizar o Fundo Vaticano II e o recebeu na Biblioteca da casa e aos que o sucederam na Biblioteca pelo cuidado em enriquecê-la com toda a documentação

oficial relativa ao Concílio Vaticano II, minha gratidão muito profunda, assim como às

bibliotecárias e recepcionistas, Eunice K. Rodrigues, Andréa Alves Oliveira, Maria Cecília Pereira da Silva, Maria José Eufrásio Pereira e às senhoras que cuidam da casa, lavanderia e cozinha, não deixando faltar o necessário à vida quotidiana: Dona Ana Maria Remorini,

Valquíria Aparecida Remorini, Luciana de Jesus Santos. Frei Oscar Lustosa e Frei Márcio Couto foram extremamente generosos em abrirem a Biblioteca do Convento dos

Dominicanos, fora de horário e em auxiliar-me na localização da documentação.

Algumas pessoas, participantes diretas ou indiretas do Concílio concederam-me

longas entrevistas e outras leram partes do manuscrito fazendo críticas e sugestões: Frei Romeu Dale OP, Luiz Alberto e Lúcia Gómez de Souza, Mons. Roberto Mascarenhas

Roxo, Bartolo Perez, Raimundo Caramuru Barros, Dom Antônio Fragoso, D. Austregésilo

6

de Mesquita Filho, Zeferino Vaz, François Houtart, José Ernanne Pinheiro, D. Eugênio de Araújo Sales, D. Boaventura Kloppenburg, D. Clemente Isnard, D. Luiz Gonzaga

Fernandes, D. Aloísio Lorscheider, D. José Maria Pires.

Na árdua pesquisa para a montagem da Prosopografia sou particularmente grato às

pessoas que colaboraram na obtenção dos dados para o escorço biográfico de cada bispo:

Fernando Altemeyer Jr., Carlos Mário Vasquez e Marta Lima e às dezenas de bispos,

dioceses e congregações religiosas que forneceram prontamente os dados que faltavam.

Agradeço de modo muito especial, a Maria Helena Arrochellas Corrêa que realizou

a transposição das intervenções, para a biografia de cada um dos padres conciliares.

Sou muito grato a Dom Raymundo Damasceno, secretário geral da CNBB, ao Pe.

Manoel Godoy, assessor da CNBB e a Luiz Alberto Gómez de Souza, diretor do CERIS,

por cederem-me os bancos de dados de suas entidades, sobre a Igreja do Brasil e ao Mons.

Jamil Abib, pároco em Rio Claro que franqueou-me sua biblioteca e arquivos particulares.

Este texto foi sendo escrito, numa longa peregrinação, por muitos lugares e casas que me acolheram: em Bologna, a da Chiesa San Vitale; Genebra, a de Júlio e Violaine de Santa

Ana; em Lins, as de minhas irmãs e cunhados, Márcio e Mana; Waldir e Zélia; em São

Paulo, a de Hélio e Cláudia Villela Nunes e a de Leonard Michael Martin e Luiz Carlos; em Petrópolis, a de Maria Helena, assim como o Centro Alceu Amoroso Lima para a

Liberdade, cuja biblioteca e documentação foram de grande serventia para a pesquisa.

Em Leuven e em Louvain-la-Neuve, em suas universidades; em Roma, no Colégio

Pio Brasileiro e no Pontifício Istituto di Studi Arabi e d’Islamistica; em Paris, com Michele Jarton, na Documentation Catholique e no jornal La Croix; em Genebra, no CMI, pude ter acesso a bibliotecas e arquivos que me foram franqueados, mesmo fora de horário.

Finalmente, não teria sido possível concluir a tese, sem a fraterna cooperação de

Luiz Carlos Luz Marques e sua ajuda muito especial para organizar tabelas, revisar

criticamente textos e formatar o conjunto dos arquivos; sem a colaboração de minha irmã Lia e sobrinha Ana Cristina, para a revisão do português e a de Cremildo José Volanin na preparação das cópias encadernadas. Sou devedor a muitas outras pessoas por sua ajuda.

Os eventuais lapsos e falhas da tese, são porém de minha inteira responsabilidade.

Faço memória de Dom Pedro Paulo Koop, bispo segundo o espírito do Vaticano

II que procurou fazer da diocese de Lins, uma igreja inspirada no Concílio, em Medellín e Puebla; de meu pai Oscar, pelo apoio e amizade ao longo da vida e de minha mãe Gessy,

que soube viver intensa e profundamente a primavera eclesial do Concílio.

ABREVIAÇÕES E SIGLAS, OBSERVAÇÕES SOBRE AS

FONTES E A METODOLOGIA

1. Abreviações:

1.1 Documentação publicada

ADA

=

Acta et documenta concilio oecumenico Vaticano II apparando, series I

(antepraeparatoria), Typis Polyglottis Vaticanis 1960-1961.

ADP

=

Acta et documenta concilio oecumenico Vaticano II apparando, series II

(praeparatoria), Typis Polyglottis Vaticanis 1969-.

AP

=

Annuario Pontificio, Tipografia Poliglotta Vaticana, 1950 ss..

AS

=

Acta Synodalia sacrosancti concilii oecumenici Vaticani II, Typis Polyglottis

Vaticanis 1970-.

Elenco

=

Elenco dei Padri Conciliari, Tipografia Poliglotta Vaticana, 1962 ss.

I Padri

=

I Padri presenti al Concilio Ecumenico Vaticano II, a cura della Segreteria

Generale del Concilio, Tipografia Poliglotta Vaticana 1966.

RAG

=

Trascrições das agendas Roncalli, Angelo Giuseppe - Fundo A.G.

Roncalli do Istituto per le Scienze Religiose de Bolonha, Itália.

SOCV

=

SACROSANCTUM OECUMENICUM CONCILIUM VATICANUM II,

Constitutiones, Decreta, Declarationes, cura et studio Secretarie Generalis

Concilii Oecumenici Vaticani II, Città del Vaticano 1966.

1.2 Instituições:

AATAth

=

Acervo Arquivo Tristão de Athayde, do Centro Alceu Amoroso

Lima para a Liberdade - CAALL.

ACB

=

Ação Católica Brasileira.

AIB

=

Ação Integralista Brasileira.

ANPUH

=

Associação Nacional de Professores Universitários de História.

CAALL

=

Centro Alceu Amoroso Lima para a Liberdade, Petrópolis.

8

CEHILA

=

Comissão de Estudos de História da Igreja na América Latina.

CELAM

=

Consejo Episcopal Latinoamericano.

CEP

=

Comissão Episcopal de Pastoral – CNBB.

CNBB

=

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.

CRB

=

Conferência dos Religiosos do Brasil.

ISR

=

Istituto per le Scienze Religiose di Bologna.

JAC

=

Juventude Agrária Católica

JEC

=

Juventude Estudantil Católica.

JOC

=

Juventude Operária Católica.

JUC

=

Juventude Universitária Católica.

LEC

=

Liga Eleitoral Católica.

MEB

=

Movimento de Educação de Base.

1.3 Livros citados freqüentemente

A Igreja

=

J.O. BEOZZO, A Igreja do Brasil: de João XXIII a João Paulo II, de

Medellín a Santo Domingo, Petrópolis 1993.

CAPRILE

=

Il concilio Vaticano II, a cura di G. Caprile, 5 vv., Roma 1966-1968:

Annunzio e preparazione (parte I: 1959-1960; parte II: 1961-1962); Il

primo periodo (1962-1963); Il secondo periodo (1963-1964); Il terzo periodo (1964-1965); Il quarto periodo (1965).

CIC

=

Codex Iuris Canonici, Roma1917 E 1983.

FESQUET

=

H. FESQUET, Le journal du Concile, Le Jas du Revest - St. Martin

(Forcalquier) 1966.

KLOP I A V

=

B. KLOPPENBURG, Concílio Vaticano II; vol. 1: Documentário

preconciliar, Petrópolis 1962; vol. 2: Primeira sessão (1962), Petrópolis 1963; vol. 3: Segunda sessão (1963), Petrópolis 1964; vol. 4: Terceira

sessão (1964), Petrópolis 1965; vol. 5: Quarta sessão (1965), Petrópolis 1966.

LA VALLE

=

R. la VALLE, vol 1: Coraggio del concilio, giorno per giorno la seconda

sessione, Brescia 1964; vol. 2: Fedeltà del concilio, i dibattiti della terza sessione, Brescia 1965; vol. 3: Il concilio nelle nostre mani, Brescia 1966.

LAURENTIN

=

R. LAURENTIN, L'Enjeu du Concile, vol. 1: Paris 1962; vol. 2: Bilan de

la première session, 11 octobre - 8 décembre 1962, Paris 1963; vol. 3: Bilan 9

de la deuxième session, 29 septembre - 4 décembre 1963, Paris 1964; vol. 4:

Bilan de la troisième session, 14 septembre - 21 novembre 1964, Paris 1965;

vol. 5: Bilan du concile, Histoire - textes - commentaires avec une chronique de

la quatrième session, Paris 1966.

HISTÓRIA I A IV

=

História do Concílio Vaticano II, Petrópolis: Vozes, 1995 e

2000 (traduções de Storia del Concílio Vaticano II, diretta da G.

Alberigo , edizione italiana a cura di A. Melloni, vol. 1: Il cattolicesimo

verso una nuova stagione. L'annunzio e la preparazione del Vaticano II

(gennaio 1959 - ottobre 1962), Bologna-Leuven 1995; vol. 2: La

formazione della coscienza conciliare. Il primo periodo e la prima intersessione

(ottobre 1962 - settembre 1963), Bologna-Leuven 1996).

WENGER

=

A. WENGER, Vatican II, vol. 1: Chronique de la première session, Paris 1963; vol. 2: Chronique de la deuxième session, Paris 1964; vol. 3:

Chronique de la troisième session, Paris 1965; vol. 4: Chronique de la

quatrième session, Paris 1966.

WILTGEN

=

R.M. WILTGEN, The Rhine flows into the Tiber. The unknown Council,

New York City 1966.

1.4 Periódicos e revistas