Poesia, Amor E Duas Taças De Vinho por Brunno Carvalho - Versão HTML

ATENÇÃO: Esta é apenas uma visualização em HTML e alguns elementos como links e números de página podem estar incorretos.
Faça o download do livro em PDF, ePub para obter uma versão completa.

index-1_1.jpg

1

index-2_1.jpg

‘’ Das rosas vem o amor

E da flor a poesia,

O homem que já amou

Torna-se poeta durante o dia.’’

2

... Os olhos do poeta é o

coração...

3

Introdução:

“... O amor é como uma música lenta que tu pões

para escutar numa noite fria, chuvosa e tu

sentado na frente da lareira. É claro que isso é

uma metáfora, qual poeta não sonha com isso?

A poesia é a voz que sai da caneta ainda em tinta

negra e cai sobre o papel até então em branco, se

bem que nos dias atuais usamos mais o teclado

para compor nossas histórias, então o sentimento

do poeta estão todos presos e trancados em

papeis virtuais salvos em HD de um computador.

O vinho, romântico, misterioso, sempre suave,

molhando os lábios da mulher e do homem em

um jantar a dois depois de um dia estressante.

Seja bem-vindo ao mundo dos poetas e que teus

sonhos e fantasias românticas estejam neste livro

em forma de poemas, por que o amor e a poesia

só acabam em arte quando acompanhados de

duas taças de vinho, seja um bom cavalheiro e

sirva a tua amada primeiro e boa leitura...”

4