Poesias Manuscritas por Cláudio Manuel da Costa - Versão HTML

ATENÇÃO: Esta é apenas uma visualização em HTML e alguns elementos como links e números de página podem estar incorretos.
Faça o download do livro em PDF, ePub, Kindle para obter uma versão completa.

2

Busca a ardente fornalha o ferro que antes

De útil arado ao lavrador servia;

Punhais agudos, lanças penetrantes

Levam na mão, que os rege a morte fria:

Ouvem-se as vozes dos clarins vagantes,

Soa da caixa a fúnebre harmonia,

Guerra, guerra, publica o eco horrendo,

Que os montes fere, os vales vai rompendo.