VIP Membership

Príncipe de Sangue por Storm Glenn - Versão HTML

ATENÇÃO: Esta é apenas uma visualização em HTML e alguns elementos como links e números de página podem estar incorretos.
Faça o download do livro em PDF, ePub, Kindle para obter uma versão completa.

index-1_1.jpg

index-2_1.jpg

index-2_2.jpg

Príncipe de Sangue

Storm Glenn

Matilha Wolf Creek 04

Príncipe de Sangue

Disponibilização e Tradução: Rachael

Revisora Inicial: Regina

Revisora Final: Angéllica

Formatação: Rachael

Logo/Arte: Dyllan

Para preservar a paz entre lobisomens e vampiros, Devlin Morgan, um lobisomem,

deve devolver o corpo de uma princesa vampira falecida ao seu coven. Quando ele chega,

encontra o príncipe Zacarius Ivinovav, príncipe governante e irmão da princesa vampira morta.

A atração entre os dois é instantânea, mas seu amor é proibido. Vampiros e lobisomens

foram inimigos durante quase 500 anos, desde a Grande Guerra. Mas Devlin e Zacarius são

incapazes de combater o seu desejo um pelo outro e finalmente se rendem.

Eles são rasgados por suas emoções, mas eles terão que resolver as coisas a tempo, de

salvar Zacarius de um destino violento. Eles poderão ficar juntos pra sempre, ou será que a

animosidade entre lobisomens e vampiros conduzirá ao fim o acasalamento deles?

index-3_1.jpg

index-3_2.jpg

Príncipe de Sangue

Storm Glenn

Matilha Wolf Creek 04

index-4_1.jpg

Príncipe de Sangue

Storm Glenn

Matilha Wolf Creek 04

Capítulo Um

"Sua Alteza, há um cavalheiro na porta pedindo para vê-lo. Ele veio sob uma bandeira

de trégua.”

Príncipe Zacarius Ivinovav ergueu os olhos do livro que estava lendo, para ver seu

criado, Alfred, em pé na porta de seu estúdio. O homem parecia nervoso, o que parecia

estranho para Alfred. Ele sempre parecia totalmente controlado e não afetado por tudo.

"Quem é, Alfred?" perguntou ele, fechando seu livro e colocando-o sobre a mesinha ao

lado de sua cadeira. Os olhos de Zacarius se arregalaram, quando Alfred realmente estremeceu.

"Ele disse que seu nome é Devlin Morgan, senhor."

"Bravura feroz, estou curioso.” Zacarius murmurou.

"Desculpe-me, senhor?"

"Oh, nada, Alfred.” Zacarius disse, quando ficou de pé e acenou com a mão ao Alfred.

"Eu só estava comentando sobre o seu nome. Devlin significa bravura feroz, em gaélico. Bem,

deixe-o entrar, Alfred."

"Vossa Alteza." disse Alfred e estremeceu novamente. "Ele é um shifter."

"Você não disse?" Zacarius perguntou surpreso. "Bem, de toda forma, deixe-o entrar e,

Alfred, garanta que todos saibam que ele está aqui como meu convidado. Nenhuma agressão.

Isso está entendido?"

“Mas, senhor, ele é um shifter."

"Estou plenamente consciente disso, Alfred.” Zacarius respondeu. "Mas ele chegou ao

nosso portão sob uma bandeira de trégua, e que devemos honrar. Ninguém vai fazer qualquer

movimento em direção a ele, ou eles vão conseguir a minha ira. Isso está claramente

entendido?"

"Sim, é claro, sua Alteza." respondeu Alfred. "Eu vou trazê-lo imediatamente."

index-5_1.jpg

Príncipe de Sangue

Storm Glenn

Matilha Wolf Creek 04

Zacarius assentiu. Ele riu para si mesmo de como Alfred se precipitou para fora da sala.

O homem era um mistério, 200 anos de idade e nunca um fio de cabelo fora do lugar. Seus

ternos de mordomo pareciam sempre bem passados e sem rugas. E ele nunca parecia agitado

por qualquer coisa.

Ter um shifter no portão da frente, com bandeira de trégua ou não, parece ter feito

exatamente isso. Zacarius não podia culpar Alfred. A animosidade de longa data entre

vampiros e lobisomens vinha de vários séculos.

Zacarius, tendo um pouco mais de 500 anos de idade, conseguia se lembrar da guerra

entre as duas espécies, desde sua infância. Até o momento em que cresceu em sua vida adulta,

lobisomens e vampiros já estavam na garganta uns dos outros.

Seria interessante descobrir por um shifter sombreou sua porta agora. Ele não conseguia

se lembrar da última vez que realmente viu um pessoalmente, talvez em cinqüenta ou sessenta

anos atrás. Zacarius se sentou em uma das duas cadeiras situadas em frente da lareira.

Ele bebeu devagar o scotch de cem anos de um copo de cristal e esperou o shifter ser

anunciado em seu estúdio. Sim, isso seria muito interessante de fato.

"Entre." disse Zacarius alguns minutos depois, quando soou uma batida suave na porta.

Ele se virou para ver Alfred abrir a porta e uma figura bastante impressionante entrou. Zacarius

encontrou-se imediatamente intrigado com a beleza diabólica do homem. Ele não se lembrava

que shifters se parecessem tão bonitos.

"Devlin Morgan, sua Alteza." disse Alfred.

Zacarius se levantou e andou alguns passos mais perto do shifter. "Obrigado, Alfred.

Isso é tudo.”

“Muito bem, senhor.” respondeu Alfred. Zacarius podia ver que ele queria protestar,

mas Alfred nunca sonhou de ser nada além de eficiente e obediente, uma das razões que

Zacarius manteve os serviços do homem nos últimos cinqüenta anos.

"Basta telefonar-me, se você precisar de alguma coisa, sua Alteza."

index-6_1.jpg

Príncipe de Sangue

Storm Glenn

Matilha Wolf Creek 04

Zacarius esperou que a porta se fechasse para ceder ao seu desejo de ver plenamente o

homem que estava diante dele. Ele observou que, embora tivesse uma qualidade autoconfiante

sobre ele, pequenas pérolas de suor escorreram pela sua têmpora.

Ele deve estar nervoso. Zacarius se inclinou um pouco e cheirou o ar ao seu redor. Um

formigamento na boca do estômago veio sobre ele tão profundo, almíscar masculino assaltou

seus sentidos. Devlin Morgan cheirava glorioso.

Ele não perdeu o exame óbvio de Devlin e sua aprovação também. Um ligeiro sorriso

sedutor cruzou os lábios do homem, quando seus sexys olhos cor de cobre deslizavam para

baixo. Zacarius soube o momento que o seu olhar pousou na dureza pressionada contra sua

própria apertada calça de couro preta.

Seus olhos se arregalaram como o perfume denso de excitação permeou a sala. Seus

olhos se moveram para enfrentar Zacarius, seu olhar pasmo em silenciosa expectativa. Zacarius

sorriu, enquanto se movia para o seu armário de bebidas.

"Posso arranjar-lhe algo para beber, Sr. Morgan?"

"Devlin, por favor.” respondeu ele. "E eu vou tomar um uísque, se tiver."

"É claro." disse Zacarius. "Puro?”

"Claro". Devlin riu.

Zacarius serviu-lhe uma bebida, para em seguida servir-se. Ele entregou o copo a

Devlin, então se sentou na cadeira que ocupava antes. Ele gesticulou para Devlin se juntar a ele.

"Então, o que traz você ao meu portão, Devlin Morgan?"

"Você entende que eu estou aqui sob uma bandeira de trégua?" Devlin perguntou. “Não

quero problemas, mas o meu Alfa me mandou aqui."

"E por que o seu Alfa ordenou que você viesse me visitar?" Zacarius perguntou.

"Duvido, que eu mesmo conheça esse homem." É bem verdade. Zacarius era certo que ele não o

conhecia. Ele estava, porém, muito interessado em conhecer o homem que estava sentado em

frente a ele. Devlin Morgan pode ser um shifter, mas era malditamente belo.

"Trata-se de sua irmã, a princesa Adrianna."

index-7_1.jpg

Príncipe de Sangue

Storm Glenn

Matilha Wolf Creek 04

Puta merda! Zacarius franziu o cenho. Se Adrianna estava envolvida, não poderia ser

bom. A menina começou a dar problemas, no momento em que deixou o berço. Zacarius não

poderia mesmo começar a contar as confusões em que ele a tirou.

"E que tipo de problemas minha querida irmã se meteu desta vez?"

Devlin parecia hesitante. Zacarius detectou uma mudança em seu perfume como se o

seu nível de apreensão aumentasse subitamente. Devlin torceu as mãos, deixando cair seu olhar

para o fogo. Zacarius se surpreendeu bastante pelo olhar de pesar no rosto de Devlin, de tal

maneira que não conseguiu esconder a sua reação, quando ele continuou.

"Eu sinto muito, sua irmã foi assassinada."

"O quê?" gritou, pulando para seus pés. "O que quer dizer minha irmã foi assassinada?

Quem a matou?" Ele se aproximou em direção a ele, só parando quando Devlin se encolheu em

sua poltrona. Zacarius virou-se para olhar a lareira. Inclinou-se com o braço contra a lareira de

mármore branco e respirou fundo várias vezes para acalmar sua raiva. Ele não deixaria um

shifter vê-lo perder o controle.

"Como a minha irmã morreu, e quem fez isso?" ele perguntou, depois de alguns

instantes.

"Você precisa entender, ninguém decidiu matá-la, mas ela ameaçou não só o meu Alfa e

seu companheiro, mas nosso bando inteiro. Vários membros do nosso bando já haviam sido

mortos. Quando ela atacou o meu Alfa, ele não tinha escolha senão defender-se."

"Seu bando?” Zacarius perguntou, a confusão o inundando. Ele se virou para olhar para

Devlin.

"O que você quer dizer com vários membros foram mortos? Que negócio ela ainda tinha

com uma matilha de lobos?"

“Ajudaria se você pudesse dizer isso com um pouco menos de mérito, sua alteza.”

Zacarius levantou uma sobrancelha. Parece que Devlin Morgan vivia pelo seu nome.

Ele precisava ser cheio de bravura feroz para ter a coragem de censurar o príncipe de um coven

de vampiros. Ele impressionou Zacarius.

"Minhas desculpas, Devlin.” Zacarius disse. "Por favor, continue."

index-8_1.jpg

Príncipe de Sangue

Storm Glenn

Matilha Wolf Creek 04

"Pelo que temos sido capazes de reunir, sua irmã fez um acordo com vários membros

do nosso bando para trocar lobisomens por território e dinheiro".

"Para o propósito de quê?"

"Sangue de lobisomem."

Zacarius assentiu. Todos sabiam que o sangue de lobisomem era um afrodisíaco para os

vampiros. O sangue humano poderia sustentá-los, mas beber sangue lobisomem era como

tomar um bom vinho. Podia mantê-los por longos dias, mais do que o sangue humano.

"Por favor, continue." disse Zacarius. "Se minha irmã estava envolvida, eu sei que tem

que haver mais."

"Eles planejavam iniciar um programa de reprodução. Eles procriariam e abateriam

lobisomens pelo seu sangue. Adrianna precisava acasalar com o Alfa do nosso bando e procriar

uma criança metade lobisomem, metade vampiro, e depois matar o Alfa para que ela pudesse

governar o bando."

Zacarius mal podia conter sua surpresa, atrás de uma fachada de neutralidade. "E?"

"Nosso Alfa já está acasalado, mas sua irmã decidiu que o companheiro do Alfa

precisava morrer."

Zacarius tomou um gole de seu scotch. Ele fez uma careta. Este scotch envelhecido era

para ser saboreado. Não era para se engolido. Ele precisava de uísque barato no momento, algo

que poderia entorpecer os nervos.

"Então, minha irmã encontrou o seu fim nas mãos de seu Alfa?"

"Eu não sei exatamente." respondeu Devlin. Seus dedos nervosamente puxando o

material da calça jeans desbotada.

"Ela atacou meu Alfa, mas ela também atacou o companheiro do Alfa. Ou Reece a

matou quanto ele se transformou ou Keeley o fez, quando ela o atacou com uma faca. Nós não

temos certeza."

"Keeley?” Zacarius perguntou surpreso. “Seu Alfa se acasalou com um homem?”

Zacarius não tinha certeza se ele alguma vez tivesse ouviu falar disso. Matilhas de

lobisomens pareciam ser tudo sobre o bando e ter filhotes para aumentar esse bando. Ele nunca

index-9_1.jpg

Príncipe de Sangue

Storm Glenn

Matilha Wolf Creek 04

tinha ouvido falar de um Alfa acasalado com um homem antes. Ele se perguntava se era Devlin

da mesma inclinação.

"Isso é um problema?"

"Não." Zacarius riu, enquanto ele se sentava em sua cadeira, mais uma vez antes

olhando para Devlin. "Apenas surpreso. É um pouco incomum encontrar um Alfa acasalado

com um homem."

"Nós não escolhemos nossos companheiros, sua alteza. O destino faz.”

"Por favor..." Zacarius disse, acenando com a mão. “... me chame de Zacarius.”

Devlin assentiu.

"Então, por que veio até aqui para me contar sobre a minha irmã?" Zacarius perguntou.

"Duvido que eu tivesse tomado conhecimento disso, se não tivesse me dito nada. Adrianna

desapareceu durante anos a fio por diversas vezes. Não teria sido uma surpresa para nós se ela

desaparecesse de novo."

“Meu Alfa queria que você soubesse que ele não considera seu coven responsável pelas

ações dela. Ele não quer qualquer animosidade entre os nossos dois povos e me pediu para

trazer o corpo de sua irmã de volta como um sinal de boa fé."

Zacarius observou Devlin em silêncio, enquanto pensava sobre as palavras do homem.

Alfas de matilhas de lobisomem normalmente iniciavam as hostilidades entre os dois povos.

Pelo que soube, os lobisomens eram criaturas hostis que se tornavam agressivas na queda de

um chapéu. As palavras de Devlin contrariavam a crença de longos tempos. Isso fez a visão

muito atraente do mensageiro com essas palavras. Devlin era provavelmente um dos homens

mais sexy que Zacarius tinha posto os olhos. E Zacarius o queria.

"Muito bem, Devlin. Aceito de seu Alfa sua demonstração de boa fé. Nem eu e nem

meu coven culpará a morte de Adrianna contra você ou os seus. No entanto, eu tenho uma

condição.”

Os olhos de Devlin se arregalaram. Os lábios de Zacarius se torceram em um pequeno

sorriso, antes que ele rapidamente mascarasse seu rosto. Ah, as coisas que ele poderia fazer para

o homem controlado diante dele, as coisas que poderia ensiná-lo.

index-10_1.jpg

index-10_2.jpg

Príncipe de Sangue

Storm Glenn

Matilha Wolf Creek 04

"Como você pode não estar ciente, o ritual de morte para o meu povo leva uma semana,

sete dias do início ao fim. É especialmente importante quando um dos membros da família

governante morre. Como um sinal de que o seu Alfa realmente não deseja se envolver em

quaisquer hostilidades entre o nosso povo, você vai ficar aqui durante essa semana, como meu

convidado.”

Zacarius abafou seu sorriso quando Devlin engasgou com o uísque que bebia. O olhar

dele foi de choque, de desespero e emoção. Zacarius se sentiu satisfeito. Devlin poderia provar

ser um brinquedo muito agradável.

"Você me ouviu, Reece.” Devlin resmungou ao telefone. "Ele diz que eu tenho que ficar

aqui como hóspede durante o ritual de morte ou ele vai considerar essa atitude uma agressão,

por parte do nosso bando de lobisomens."

"Isso é ridículo."

"Ótimo, então eu posso voltar para casa?"

"Não, você provavelmente deve ficar aí, se é isso que o príncipe quer." respondeu Reece.

"A Matilha Wolf Creek nos aceitou, não seria correto trazer a ira de um príncipe vampiro, para

cima de suas cabeças."

"Bem, maldição, Reece!" reclamou Devlin. "Apenas me sirva para as sanguessugas, por

que não?"

"Você acha que você está em perigo?"

"Não.” resmungou Devlin.

index-11_1.jpg

Príncipe de Sangue

Storm Glenn

Matilha Wolf Creek 04

Não do jeito que você pensa, Devlin pensou consigo mesmo. Ele sabia que não estava

em perigo no coven de vampiros. O Príncipe Zacarius o decretou território proibido. Do próprio

príncipe, no entanto, Devlin estava em uma porrada de perigo.

O Príncipe Zacarius roubou a respiração Devlin longe, no segundo que entrou na sala.

Ele ficou chocado primeiramente pela aparência pálida do príncipe, e então o homem deslizou

através do espaço em sua apertada calça de couro preta e camisa branca com babados. Devlin

mal podia se conter de babar em cima dele.

O príncipe era poucos centímetros mais baixo do que Devlin, mas ocupou o espaço

desde o inicio. Seus traços pálidos e longos cabelos negros que emoldurava seu rosto, só

reforçavam a intensa cor de ametista dos seus olhos. Devlin nunca viu olhos daquela cor antes.

Sentia-se fascinado cada vez que olhava para eles, incapaz de desviar o olhar. Devlin ouviu

rumores de que os vampiros poderiam hipnotizar as pessoas com um olhar e perguntou se o

seu fascínio pelo príncipe originava a partir disto.

Ele ouviu um monte de outros rumores sobre vampiros, alguns que o príncipe dissipou

dentro de uma hora ao conhecê-lo. Isso fez Devlin saber que todos os boatos que ouviu foram

baseados em fatos e séculos de animosidade.

Os vampiros não pareciam ser as criaturas sedentas de sangue dos pesadelos de sua

infância. Eles também não se sentavam ao redor com as vítimas sangrando aos seus pés ou

pilhas de corpos por toda parte. Na verdade, o príncipe parecia bastante agradável, mesmo que

ele tenha levantado os pêlos da nuca de Devlin.

"O quanto ele está chateado com a morte de sua irmã?"

Devlin encolheu os ombros, mesmo que Reece não pudesse vê-lo. "Não muito,

realmente. Eu tenho a impressão de que ela se meteu em encrenca antes. Ele não parecia tão

surpreso.”

"E ele vai deixar as coisas passar, se você ficar por essa coisa de ritual?"

"Sim, aparentemente isso é ao longo da semana. Eu não entendo, mas enfim. O príncipe

pediu para alguém remover o corpo do meu caminhão enquanto falamos. Eu acho que eles

colocaram o corpo em uma espécie de sala de exibição ou algo assim.”

index-12_1.jpg

Príncipe de Sangue

Storm Glenn

Matilha Wolf Creek 04

"Olhe, eu acho que você deve ficar o máximo de tempo possível." disse Reece. "Eu quero

isso para trás, mas se você sentir que está em perigo, volte para casa. Nós vamos descobrir outra

forma de lidar com isso."

"Não, não, tudo bem." disse Devlin. "Eu vou ficar por aqui por alguns dias, pelo menos.

Se nada mais, ele nos dará uma idéia de como covens operam. Eu duvido que um shifter tenha

chegado tão perto de um vampiro, sem uma luta em anos."

"Você provavelmente está certo. Basta ficar seguro. Aprendendo sobre o seu

funcionamento, não é tão importante como a sua vida. Se você tiver qualquer problema, ligue."

"Sim, tudo bem." disse Devlin. Ele disse adeus e desligou o telefone, mordendo seu

lábio inferior entre os dentes. Ele tinha um problema, um dos grandes que tinha um metro e

setenta e oito e parecia lindo de morrer. Ele simplesmente não podia contar isso a Reece. Seu ex-

Alfa provavelmente riria dele, se ele soubesse que Devlin ficou fascinado por um vampiro, um

príncipe vampiro mais claramente. Devlin não conseguia parar de pensar no sujeito. Rapaz, ele

estava em grandes problemas.

Devlin olhou para cima, quando a porta do escritório se abriu e o príncipe voltou para

dentro.

"Está tudo bem?" o príncipe perguntou com sua voz suave e sedutora. Ela enviou

calafrios em suas costas e fez seu pau doer.

"Sim." respondeu Devlin, tentando evitar olhar direto no príncipe. "Reece disse para

ficar por perto. Ele quer que eu reforce a você o fato de que ele não quer hostilidades entre o seu

coven e nosso bando."

"Excelente".

Sim, certo, excelente.

"Você vai se juntar a mim para o jantar é claro."

Não era uma pergunta. Devlin tentou descobrir porque ele não estava incomodado pela

ordem do príncipe. A menos que seu Alfa desse as ordens, geralmente Devlin os mandava para

ir para o inferno. Com Zacarius, ele não conseguia pensar em nada que gostaria mais.

index-13_1.jpg

Príncipe de Sangue

Storm Glenn

Matilha Wolf Creek 04

"Eu vou pedir para Alfred levá-lo para ao seu quarto." determinou Zacarius. "O jantar

deve ser em cerca de duas horas, se você quiser se refrescar."

"Obrigado." respondeu Devlin. "Isso seria muito apreciado. Foi uma longa viagem até

aqui.”

"Você nunca realmente disse de onde você é ou a qual matilha pertence."

"Isso vai levar um pouco mais que uma conversa." Devlin riu.

Zacarius mostrou seus dentes brancos, quando sorriu. "Por favor, me diga. Estou

intrigado." Os olhos de Zacarius percorreram para baixo o corpo de Devlin. O sentiu tão

intensamente que poderia ter sido uma carícia. "Eu estou achando que muitas coisas sobre você

me intrigam, Devlin Morgan."

Sim, certo. Maldição!

O coração de Devlin bateu um pouco mais rápido.

"Nós costumávamos ser a Matilha de Shasta.” Devlin começou, tentando ignorar as

palavras sugestivas do príncipe. Não seria interessante permitir que o príncipe soubesse como

ele se sentia.

"Costumava ser?" O príncipe perguntou, com uma sobrancelha escura arqueada.

"A maior parte do nosso bando foi dizimado pela conspiração de sua irmã com outros

de nosso bando, como mencionei antes. Não sobraram muitos. O Alfa da Matilha Wolf Creek

nos convidou para nos unir ao seu bando, visto que já estávamos vinculados a eles por família.”

“Daniel Nash?” Zacarius assobiou baixinho. "Agora, estou impressionado."

"Você conhece Daniel Nash?"

"Não pessoalmente.” disse o príncipe, sacudindo a cabeça. "Mas eu certamente já ouvi

falar dele. Eu não conheço muitos covens que não o conheça. Daniel Nash é um adversário

formidável.”

Devlin riu. "Você quer ver formidável, você deve conhecer sua mulher, Mary Ann. Ela

assusta a merda fora de mim.”

index-14_1.jpg

Príncipe de Sangue

Storm Glenn

Matilha Wolf Creek 04

Capítulo Dois

Zacarius alisou sua camisa roxa com babados em seu peito, em seguida sacudiu fora

alguns fios em seu ombro. Ele queria parecer absolutamente o máximo para o seu encontro no

jantar. O bonito shifter pode não saber que era um encontro, mas é exatamente isso que

Zacarius planejou. A coisa toda de vampiros versus lobisomem não incomodava Zacarius. A

maneira como o jeans apertado de Devlin se estendia em seu traseiro, um traseiro que Zacarius

queria muito um pedaço, incomodava muito mais. Assim, um jantar à luz de velas para duas

pessoas nos aposentos de Zacarius, uma boa garrafa de vinho para relaxar a tensão, uma lareira,

e Zacarius esperava conhecer melhor seu hóspede, muito melhor.

"Vossa Alteza, eu posso falar?"

"Certamente, Alfred.” Zacarius respondeu, ainda olhando para seu reflexo no espelho.

"Tem certeza que isso é uma boa idéia?" Alfred perguntou. "Os lobisomens são

perigosos. Eles não têm nenhuma restrição. Ele está prestes a perder o controle e se transformar,

ou atacá-lo... ou pior."

Zacarius riu. "Devlin não é nenhuma ameaça para mim, Alfred, mas eu aprecio sua

preocupação."

"Como você pode ter certeza, sua alteza?" Alfred lamentou. "Ele é um shifter!"

Zacarius ouviu o horror na voz de Alfred. Imaginou que Alfred acreditava exatamente

como falou. Alfred era jovem demais para se lembrar de uma época em que vampiros e

lobisomens conviveram juntos. Ele somente sabia da discórdia entre as duas espécies. Alfred

não entendia que a guerra começou há muito tempo e que a maioria das pessoas nem sequer se

index-15_1.jpg

Príncipe de Sangue

Storm Glenn

Matilha Wolf Creek 04

lembravam por que ela começou. Zacarius era um dos sortudos. Ele tinha idade suficiente para

se lembrar. "Vai ficar tudo bem, Alfred."

"Você tem certeza, sua alteza?" Alfred perguntou.

"Eu prometo. Devlin não tem intenção de me prejudicar." Zacarius disse.

"Eu ainda não gosto dele, senhor."

Zacarius riu. "Tenho certeza que você não gosta, Alfred."

"Por favor, Vossa Alteza, por favor, me prometa que vai ter cuidado?" Alfred pediu. "Eu

não confio neste homem".

"Alfred, você não confia em ninguém."

Alfred deu a Zacarius um de seus raros sorrisos. "Isso é verdade, senhor."

"Vá ter certeza que meu jantar está pronto, Alfred, antes que me esqueça porque eu te

contratei e dê você de alimento para o lobisomem".

"Como você quiser, sua Alteza."

Zacarius balançou a cabeça em diversão, quando Alfred se apressou pela sala. Apesar

do que disse, Zacarius nunca iria se livrar de Alfred. Ele manteve a vida de Zacarius simples e

funcionando perfeitamente. Ele não sabia o que faria sem ele.

Zacarius saiu do seu quarto para a sala de estar do seu apartamento privado. Ele olhou

em volta, para se assegurar que tudo se encontrou ao seu contentamento. Alfred resmungava o

tempo todo, mas ele fazia como Zacarius ordenava, e, aparentemente, ele fez bem.

Uma mesa pequena e íntima para dois junto às janelas com vista para o jardim abaixo.

Uma garrafa de vinho gelado em um balde de gelo ao lado da mesa. O fogo crepitava na lareira.

As luzes baixas na sala deram um toque sensual. Alfred tinha se superado. Agora, é hora de

conseguir seu convidado. Zacarius caminhou até a porta que conectava sua suíte para a suíte

vizinha. Originalmente planejado para ser o quarto da princesa, mas muitas vezes usado como

um quarto especial para seus visitantes.

Ele bateu duas vezes e em seguida, abriu a porta. Ele não viu nenhum sinal de Devlin.

Por um breve momento, Zacarius sentiu seu coração retumbar em seu peito, enquanto

considerou a possibilidade de Devlin poder ter fugido, até que ouviu o chuveiro.

index-16_1.jpg

Príncipe de Sangue

Storm Glenn

Matilha Wolf Creek 04

A curiosidade pode ter matado o gato, mas inspirava o vampiro. Zacarius. Caminhou

até o banheiro e empurrou a porta aberta. Vapor encheu a sala. Luxúria encheu o corpo de

Zacarius. Devlin estava debaixo do spray do chuveiro, com a cabeça jogada para trás, os

músculos ásperos de seu pescoço esticado de tensão. Zacarius abafou seu gemido mordendo a

palma da mão. A mão de Devlin estava em torno de seu pênis, enquanto acariciava a si mesmo.

Zacarius endureceu tão rápido que ficou tonto pela perda de sangue em seu cérebro.

Estava tudo agrupado em suas calças. O corpo de Devlin parecia uma obra de arte, e Zacarius

queria estudá-lo, desde o topo de sua cabeça para a sola de seus pés perfeitos.

Devlin lembrou a Zacarius uma estátua grega, todos os músculos rígidos e definidos.

Da trilha de pelos descendo o abdômen a partir dos cabelos castanhos escuro do seu peito, deu

uma dica da verdadeira natureza da besta. O gemido abafado vindo do chuveiro ecoou por

Zacarius. O corpo de Devlin se enrijeceu e em seguida, sêmen perolado jorraram de seu pênis.

Zacarius teria dado todo seu reino para provar o líquido cremoso. Lambeu os lábios, apenas

imaginando como doce e picante o homem deveria saborear.

Quando Devlin finalmente largou seu exausto pau, seu corpo arfando, Zacarius

rapidamente se afastou do quarto e fechou a porta o mais silenciosamente que pôde. Ele

inclinou a cabeça contra a madeira fria, sua respiração ofegante, enquanto tentava acalmar seu

desejo voraz. Ele queria Devlin Morgan, e ele não se importava se o homem era um lobisomem

ou não. Ele só precisava descobrir como fazer isso acontecer. Tão interessado como Zacarius

sabia que Devlin estava, não tinha certeza se o shifter poderia cruzar a fronteira invisível entre

eles. Ele teria que balançar o incentivo correto na frente ao homem. Ele mesmo. Zacarius

conteve si mesmo e colocou suas emoções debaixo de uma fachada neutra. Tomou uma

respiração profunda e bateu na porta do banheiro.

"Devlin? O jantar está pronto para ser servido. Por favor, se junte a mim na outra sala,

logo que você estiver pronto." Levou todo o controle de Zacarius para se virar e ir embora

sabendo que Devlin estava nu, do outro lado da porta. Ele não queria nada mais do que abrir a

porta e deixar Devlin saber o quanto o desejava.

index-17_1.jpg

Príncipe de Sangue

Storm Glenn

Matilha Wolf Creek 04

Ele odiava rodeios. Embora fosse aproveitar a caça durante a sua sedução sobre Devlin,

Zacarius preferia simplesmente jogar o cara em sua cama e o foder na cabeceira da cama. Ele

sabia que o sexy shifter seria um saboroso petisco.

Zacarius seguiu de volta para a suíte real e se estabeleceu em uma das cadeiras junto à

lareira. A estação mudou apenas o suficiente no inverno para colocar um frio leve no ar,

fazendo o fogo ser aceitável. Zacarius nunca iria admitir isso, mas também preparou o quarto

romântico. Ele bebia seu segundo copo de vinho, quando Devlin entrou na sala. Zacarius

cruzou uma perna sobre a outra para esconder a excitação no instante em que observou o

espetáculo de homem. Seria um prazer doloroso seduzir Devlin.

"Devlin, tão gentil de você se unir a mim."

Devlin sorriu. "Fiquei com a impressão de que eu não tinha muita escolha."

Zacarius riu. "Há sempre uma escolha, querido."

Devlin engasgou. “Querido?”

Zacarius sorriu. Ele deixou Devlin ver seu passear de olhos sobre o belo corpo exibido

diante dele, em jeans apertados e uma camisa branca. “Você prefere lindo? Encantador?” Uma

sobrancelha arqueou, quando Zacarius sorriu. “Meu?”

“Você sabe que eu sou um shifter, certo?” Devlin perguntou, levantando uma

sobrancelha marrom.

“Eu estou completamente ciente disso, querido.” respondeu Zacarius. “Eu não estou

apenas certo do que isso tem a ver com nossa situação atual. Eu continuo pensando em ter você

em minha cama, antes que a noite acabe. Sua natureza de shifter em nada tem a ver com o que

eu quero de você.”

Devlin olhou para ele, a boca aberta sem acreditar. Zacarius sabia que o chocou. Não

tinha razão em negar sua atração. Como príncipe, geralmente tinha o que queria, e ele queria

Devlin.

Devlin bruscamente alcançou todo o espaço entre eles e agarrou o copo de vinho de

Zacarius, tomando o restante do conteúdo do copo em um gole só. Zacarius quase reclamou.

index-18_1.jpg

Príncipe de Sangue

Storm Glenn

Matilha Wolf Creek 04

Esse era um muito bom e muito envelhecido Merlot, mas o olhar surpreso no rosto Devlin

talvez valesse a pena qualquer preço.

“Você não rodeia, não é?” Devlin finalmente perguntou. Sua voz soou tensa. Seu corpo

parecia tenso. Seus olhos não encontraram os de Zacarius. O duro inchaço atrás do zíper de

Devlin disse tudo.

“Qual seria a razão, querido?” Zacarius perguntou. Gostava do rubor da pele Devlin,

quando o sangue subiu ao rosto. “Eu quero você. Eu acredito que você me quer. Devemos

ignorar e fingir que a atração não está aí?”

“Sim!” Devlin exclamou.

“Muito bem”, disse Zacarius. Ele apontou para a porta que ligava as duas salas. “A

porta está ali. Há um tranca em ambos os lados. Se eu estou errado em minha suposição, por

favor, sinta-se livre para usá-lo. Não vou considerar isso contra você.”

Devlin olhou para ele durante tanto tempo que Zacarius questionou se a intensa atração

entre eles seria importante ou não. Talvez a coisa toda de shifter e vampiro era um problema

maior do que ele pensava. Zacarius perguntou se cometeu um erro. De repente, Devlin se

levantou e caminhou para olhar fora da janela. Sua postura ainda parecia dura, mas Zacarius

não recebeu nenhuma vibração de aversão dele. Ele não tinha certeza se Devlin sabia que os

príncipes vampiro podiam ler as pessoas. Todo mundo dava vibrações de um tipo ou outro.

Lobisomens podem farejar as mudanças sutis no odor de alguém. Vampiros podiam sentir

vibrações.

Bem, os vampiros comuns não podiam ler as pessoas. Isso parecia ser reservado para

príncipes vampiros, uma das características de um príncipe vampiro.

“Se te ofendi, Devlin.” Zacarius declarou. “Eu peço desculpas.”

Devlin olhou sobre seu ombro, sua sobrancelha desenhada como se em confusão. “Não,

eu não estou ofendido. Eu simplesmente não consigo ver os méritos de se envolver. Você é um

príncipe vampiro. Eu sou um shifter. Não é uma boa combinação.”

index-19_1.jpg

Príncipe de Sangue

Storm Glenn

Matilha Wolf Creek 04

“Agora, isso pode ser verdade, mas nos últimos séculos, os vampiros e os lobisomens

viviam lado a lado, até mesmo acasalando entre as duas espécies. Embora isso não tenha

ocorrido em muitos anos, isso já aconteceu antes.”

Devlin bufou. “Sim, provavelmente 500 anos atrás.”

“Eu era uma criança quando a Grande Guerra ocorreu.” disse Zacarius. “Eu me lembro

de observar lobisomens andando na rua em nossa comunidade tal qual um membro

reconhecido do nosso coven.”

“Exatamente quantos anos você tem?”

“Eu sinceramente espero que você goste de homens mais velhos, porque eu nasci em

1496. Eu tenho 513 anos de idade.”

A boca de Devlin se abriu. “Maldição, você parece bem para alguém tão velho.”

“Obrigado”. Zacarius riu. “Eu acho.”

“Você era nascido quando a Grande Guerra começou?” Devlin perguntou quando ele se

virou para olhar para Zacarius. “Como foi? Por que isso começou? Eu sempre soube sobre a

animosidade entre os nossos dois povos, mas eu nunca entendi por quê.”

Zacarius caminhou até o bar para se servir de um pouco mais de vinho. Ele levantou a

garrafa. “Você gostaria de um pouco de vinho? Esta poderá ser uma longa conversa.”

Devlin balançou a cabeça. “Não, eu estou bem, obrigado.”

Zacarius colocou a rolha de volta na garrafa de vinho e andou até ficar ao lado de