Projeto do Jornal Comunitário Salve Salve por Raimundo Bartho da Silva - Versão HTML

ATENÇÃO: Esta é apenas uma visualização em HTML e alguns elementos como links e números de página podem estar incorretos.
Faça o download do livro em PDF, ePub, Kindle para obter uma versão completa.

index-1_1.jpg

RAIMUNDO BARTHÔ DA SILVA

CRIAÇÃO DE PÁGINA EM HTML (EM FORMATO DE JORNAL

DIGITAL) SUGERIDA PARA INFORMAÇÕES PERTINENTES A

COMUNIDADES CARENTES COM OBJETIVO SOCIOPEDAGÓGICO.

Trabalho de Conclusão do Curso de Web

Design e Programação da Universidade

do Sul de Santa Catarina, como requisito

parcial à obtenção do título de Tecnólogo

em Web Design e Programação.

Orientação: Prof.ª. Luciana Manfroi

São Paulo

2011

1

AGRADECIMENTOS

Eternamente a minha família, pelas

lutas, vitórias e derrotas sofridas durante este

processo sendo eu o segundo membro

familiar (aos 47 anos) a concluir um curso de

nível superior. E, em especial ao meu filho

Raimundo Rodrigues Barthô da Silva. Ao meu

pai Agnaldo Barthô da Silva (in memoriam e

também pelo seu centenário de nascimento).

À mamãe Dona Maria Borges da Silva que

aos 82 anos pode compartilhar comigo este

momento, bem como à tia Munda (tia e

madrinha) que, em seus 77 anos continua

como sempre: doce, amável e querida por

todos. À escola CIEJA “Aluna Jéssica Nunes

Herculano”, Butantã/SP (por, e, em razão de)

ser uma escola que atua na modalidade

“suplência” para jovens e adultos e aos vários

momentos (alegres e tristes) que vivi por lá. A

todos os alunos que tive ao longo de minha

vida acadêmica, aos amigos e colaboradores

da empresa PRODAM e às ajudas visíveis ou

não que compactuaram para essa realização

pessoal.

Convém ainda homenagear aqui Steve Jobs. Um homem exemplar, de carreira

brilhante e que, com sua genialidade promoveu, com humildade e persistência o

desenvolvimento de várias tecnologias para o bem da humanidade.

E... a todos os meus generosos mestres da Universidade do Sul de Santa

Catarina.

2

“Lembrar que eu estarei morto em breve é a

ferramenta mais importante que eu encontrei para me

ajudar a fazer grandes escolhas na vida. Por que

quase tudo – todas as expectativas externas, todo o

orgulho, todo o medo de se envergonhar ou de errar

– isto tudo cai diante da face da morte, restando

apenas o que realmente é importante. Lembrar que

você vai morrer é a melhor maneira para eu saber

evitar em pensar que tenho algo a perder. Você já

está nu. Não há razão para não seguir o seu

coração.” – discurso durante formatura em Stanford,

2005.

Steve Jobs

3

RESUMO

O presente projeto trata do desenvolvimento de um WEBSITE para

comunidades carentes” com o objetivo de levar informações de maneira clara o objetiva sobre os mais variados temas considerando (sempre) a direção do

propósito.

Palavras-chave: (comunidades, carentes, saúde, educação,

informação, renda extra, emprego).

4

SUMMARY

This project addresses the development of a WEBSITE for "underprivileged communities"

to convey

information clearly on the goal considering various

themes (always) the direction of purpose.

Keywords: (communities, underprivileged, health, education,

information, extra income, employment).

5

LISTA DE TABELAS

Tabela 1: Recursos ................................................................................................... 16

Tabela 2: Atividades .................................................................................................. 17

Tabela 3: Físico-Financeiro ....................................................................................... 17

Tabela 4: Programação ............................................................................................. 18

Tabela 6: Lições Aprendidas ..................................................................................... 28

Tabela 7: Ideias e Oportunidades ............................................................................. 29

6

LISTA DE IMAGENS

Figura 1: Cronograma de Gantt ................................................................................. 17

Figura 2: Gráfico de Gantt ......................................................................................... 18

Figura 3: Pesquisa de Viabilidade ............................................................................. 18

Figuras 4, 5, 6: Pesquisa de Viabilidade ................................................................... 19

Figuras 7, 8: Pesquisa de Viabilidade ....................................................................... 20

Figura 9: Protótipo do projeto .................................................................................... 25

Figuras 10, 11: Protótipo do projeto .......................................................................... 26

7

ÍNDICE

1. IDENTIFICAÇÃO DO ESCOPO DO PROJETO ................................................... 10

1.1. DEFINIÇÃO E APRESENTAÇÃO DO TEMA ................................................. 10

1.2. CATEGORIA DO PROJETO .......................................................................... 10

1.3. CONTEXTO DO PROJETO ............................................................................ 10

1.4. EQUIPE DO PROJETO .................................................................................. 12

2. DESCRIÇÃO DETALHADA DO PROJETO ......................................................... 12

2.1. DESCRIÇÃO ................................................................................................. 12

2.2. OBJETIVOS ................................................................................................... 12

2.2.1. OBJETIVO GERAL ............................................................................................ 12

2.2.2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS ............................................................................ 12

2.3. JUSTIFICATIVA ............................................................................................. 12

2.4. RESULTADOS ESPERADOS ....................................................................... 13

2.5. COLETA E INTERPRETAÇÃO DE DADOS .................................................. 13

3. ANÁLISE DO PROJETO ...................................................................................... 14

3.1. ESTUDO DE NECESSIDADES – PLANEJAMENTO DE ATIVIDADES ......... 14

3.1. 1. LEVANTAMENTO DA INFORMAÇÕES ..................................................... 14

3.1. 2. DESENVOLVIMENTO PROJETO GRÁFICO ............................................. 14

3.1. 3. TESTES. ..................................................................................................... 14

3.1.4. DESENVOLVIMENTO PROJETO PROGRAMAÇÃO............... .................. 14

3.1.5. INTEGRAÇÃO DO CONTEÚDO DE PROGRAMAÇÃO E DESIGN ........... 14

3.1. 6. TESTE DE USABILIDADE .......................................................................... 14

3.1.7. PUBLICAÇÃO DO SITE .............................................................................. 14

3.2. ESTUDO DE RECURSOS E CUSTOS .......................................................... 16

3.3. ATIVIDADES .................................................................................................. 17

3.4. ESTUDO FÍSICO-FINANCEIRO ..................................................................... 21

8

3.5. PROGRAMAÇÃO ........................................................................................... 14

3.6. PESQUISA DE VIABILIDADE ........................................................................ 14

3.7. BENEFÍCIOS .................................................................................................. 20

3.8. RECURSOS ................................................................................................... 20

3.9. CUSTOS.... ..................................................................................................... 21

3.10.PRAZO..... ..................................................................................................... 21

3.11.ESTUDO DE RISCOS ................................................................................... 21

3.11.1.RISCOS QUANTO AOS BENEFÍCIOS ...................................................... 21

3.11.2. RICOS QUANTO AOS RECURSOSS ...................................................... 22

3.11.3. RISCOS QUANTO Á TECNOLOGIA ........................................................ 22

3.11.4. RISCOS QUANTO AOS CUSTOS ............................................................ 22

3.11.5. RISCOS QUANTO AO PRAZO ................................................................. 23

4. PLANEJAMENTO DE PROJETO ........................................................................ 24

4.1. PLANO DE TRABALHO ................................................................................. 24

4.2. DETALHAMENTO DAS ATIVIDADES ................................................................ 24

4.3. CRONOGRAMA DAS ATIVIDADES (GRÁFICO DE GANTT) .......................... 24

4.4. EQUIPE DE TRABALHO ................................................................................ 24

4.5. EXECUÇÃO DO PROJETO ................................................................................. 24

4.5.1. RELATÓRIOS PARCIAIS DE EXECUÇÃO .................................................... 25

4.5.2. VERIFICAÇÃO DOS ÍNDICES DE DESEMPENHO ..................................... 25

4.5.3. AJUSTES/MODIFICAÇÕES NO PROJETO ................................................... 25

4.6. PROTÓTIPO DO PROJETO................................................................................ 25

4.7. PROJETO PILOTO ............................................................................................... 26

5. ENCERRAMENTO DO PROJETO ....................................................................... 27

5.1. VALIDAÇÃO DO PROJETO ........................................................................... 24

5.2. ENTREGA/APRESENTAÇÃO FINAL ............................................................. 25

5.3. CONSIDERAÇÕES FINAIS .......................................................................... 258

5.3. 1. LIÇÕES APRENDIDAS ............................................................................ 258

5.3. 2. NOVAS IDEIAS E OPORTUNIDADES ....................................................... 29

6. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ..................................................................... 29

9

1.

IDENTIFICAÇÃO DO ESCOPO DO PROJETO

1.1.

DEFINIÇÃO E APRESENTAÇÃO DO TEMA

Desenvolvimento de uma web Page no formato de um jornal digital

objetivando atingir comunidades carentes com informações pertinentes às mesmas.

1.2.

CATEGORIA DO PROJETO

Desenvolvimento de web Page (jornal virtual).

1.3.

CONTEXTO DO PROJETO

O tema escolhido foi “Desenvolvimento e Administração de Páginas Web”.

O primeiro passo foi pensar na utilidade real da criação e, sendo assim,

as comunidades carentes não poderiam estar de fora.

Em breve pesquisa na internet foi possível observar que várias iniciativas

sobre o tema já existem – umas boas e outras ruins -, onde considero como ruins aquelas que apenas divulgam o que acontece dentro de uma comunidade, sem

olhar para o futuro e sem exibir opções de melhorias na vida do morador. E ainda outras que divulgam apenas a cultura local, como bailes funks e festinhas internas.

O que pode querer um morador de favela? 1º saneamento básico (anexo

à saúde); 2º dinheiro; 3º educação; 4º atenção governamental; 5º lazer. E, é

exatamente nessa ordem que se prioriza a vida dentro das comunidades.

Ocorre que quando adentramos numa delas temos a impressão de que

grande parte dos moradores está “sempre em festa”. No caso, nossa 5ª prioridade.

Então pergunto: não é a partir daí (dessas festas e comemorações sem hora ou data

especial) que muitas vidas se perdem?

E, me atrevo a responder: O “favelado” sem saúde, sem dinheiro, sem

educação e sem atenção governamental encontra “parte” disso (de forma

equivocada) quando faz o caminho inverso, ou seja, quando adere ao “lazer” local.

Sim, porque aquele que não tinha roupas ou calçados decentes passará a tê-los e

10

com isso poderá, por exemplo, entrar num restaurante no qual nunca tinha entrado

ou matricular-se numa escola e se sentir “igual”. Poderá também custear

medicamentos que não fazem parte dos programas nacionais de distribuição gratuita

e, porque não, melhorar as instalações de esgoto, etc. do seu “barraco”?

O Salve, Salve... tem como proposta inicial a “agregação” e “divulgação”

do que há de bom nas comunidades em geral. Mostrar com dignidade o que vem

sendo feito pelos moradores, comerciantes locais e iniciativas diversas, de forma a

criar um indivíduo (de favela) que “consiga” aceitar tais contribuições (internas ou externas) e também acreditar que tais propostas só se tornarão uma realidade

consistente em longo prazo haja vista, tais iniciativas baterem de frente com o crime

organizado.

Indo além, o Salve, Salve... (título dado em razão de alguns moradores de

comunidades cumprimentarem-se dessa forma), divulga também o que há de bom

(que é pago), pois, tem interesse no crescimento e desenvolvimento pessoal do

indivíduo dando-o a oportunidade de relacionar-se em comum outras classes

sociais. Para tanto, informações sobre cursos gratuitos ou bem acessíveis,

oportunidades de emprego e até mesmo trabalho voluntário no qual ele possa entrar

em contato com outras realidades sociais são publicados no site.

Há também um caráter sócio pedagógico com o qual se busca que o

indivíduo frequente o site com o intuito de seguir (ou ao menos tentar seguir) as orientações ali publicadas – que deverão ser sequenciais na medida das

atualizações semanais – proporcionando assim informações lógicas e que deem

“segurança” ao indivíduo. Fazendo com que ele “acredite e tente”.

Em virtude disso colaborações e colaboradores serão bem-vindos.

A aparência visual do site tenta ser simples e “limpa”. A fonte Times New

Roman (que remete à tipografia mais usual) está em bom tamanho. Os títulos dos

artigos, bem como os links exibem “palavras-chave” objetivas e bem direcionadas

àquele tipo de clientela. Todos os anúncios terão o mesmo padrão de acordo com

sua localização (já preestabelecida). E, por fim não se admite qualquer publicação que possa incitar preconceito ou aludir positivamente ao crime. Não publicamos

sobre políticos (excetuam-se as iniciativas para o bem da comunidade), nem

divulgamos rádios piratas (excetuam-se as rádios comunitárias).

11

1.4.

EQUIPE DO PROJETO

Projeto desenvolvido por Raimundo Barthô da Silva, aluno do curso de

Web Designer e Programação – 2005 B.

2.

DESCRIÇÃO DETALHADA DO PROJETO

2.1.

DESCRIÇÃO

Este jornal virtual tem por objetivo levar informações atualizadas, sérias,

responsáveis e objetivas às comunidades carentes e entre elas estão:

 Educação

 Saúde

 Emprego

 Renda Extra

 Cultura

2.2.

OBJETIVOS

2.2.1. OBJETIVO GERAL

 Desenvolver website direcionado para comunidades carentes

promovendo a interação entre elas.

2.2.2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS

 Disseminar a informação de maneira social e beneficente.

2.3.

JUSTIFICATIVA

Depois de longas pesquisas percebi que as comunidades carentes são

completamente isoladas da informação virtual e, ainda, que algumas se isolam

devido ao fato de “pensarem” que tal tecnologia não lhes “cabe” no bolso. Sendo

assim, criei o “Salve, Salve...” como forma de proporcionar essa informação virtual, e

12

também, de informar claramente, que todos (independente de suas classes sociais)

podem e devem estar conectados ao mundo e que uma das formas mais “baratas”

(por mais incrível que possa parecer) é através da internet, pois, ela possibilita a

“comunhão social”, partilha amizades e faz o conhecimento “acontecer”.

2.4.

RESULTADOS ESPERADOS

O desenvolvimento deste projeto objetiva como resultado:

 Espalhar o conhecimento individual

 Propagar a cultura e o “não” ao preconceito

 Promover a paz, a felicidade e a igualdade entre as classes sociais.

2.5.

COLETA E INTERPRETAÇÃO DE DADOS

Criei um questionário virtual e o divulguei entre amigos e redes sociais

para coletar informações sobre o que seria importante no projeto do jornal virtual. Tal

questionário ainda está disponível online e recebendo opiniões no seguinte

endereço:

https://docs.google.com/spreadsheet/viewform?formkey=dHphQWxJcGMzclllWjJkR0xlemN

1M3c6MQ&theme=0AX42CRMsmRFbUy0xMGZlZDFhYS1kNWZlLTQ2YjQtYjMzZi0xN

jZlMzYyNDViMDY&ifq

Sendo que tais respostas estão publicadas aqui (graficamente) em

concordância com as figuras de 3 a 8.

Das 37 respostas, até o momento, temos a seguinte conclusão:

 A maioria nunca morou numa comunidade carente (68%)

 A maioria é do sexo masculino (62%)

 A maioria conhece os problemas sociais de uma comunidade

carente (41%)

 A maioria acha que um jornal virtual poderá ser útil (97%)

 A maioria acha que uma comunidade carente precisa de

informações sobre saúde (97%)

 A maioria acha que os moradores terão acesso virtual (81%)

 A maioria acha que os leitores serão moradores de comunidades

em geral (89%)

13

 A maioria acha “ótima” a ideia de o jornal virtual ser destinado às

comunidades em geral (95%)

 A maioria acha prioritário que sejam divulgadas notícias sobre

empregos e cursos (97%)

 A maioria acha que o nome do jornal virtual deve ser “Salve,

Salve...” (62%).

 A maioria acha “viável” o custo mensal estimado em R$ 845,00

(81%)

3.

ANÁLISE DO PROJETO

3.1.

ESTUDO DE NECESSIDADES – PLANEJAMENTO DE ATIVIDADES

3.1.1 LEVANTAMENTO DAS INFORMAÇÕES.

a. Definição dos equipamentos necessários.

b. Definição da equipe laborativa

c. Definição de tempo de trabalho diário

d. Definição de custos

3.1.2 DESENVOLVIMENTO PROJETO GRÁFICO.

Estudo de caso no qual pude observar que o projeto necessitava de um

visual gráfico desenvolvido em linguagem que atendesse (quase que em

sua plenitude) bem como satisfizesse às necessidades de uma

comunidade carente.

3.1.3 TESTES.

Verificação de possíveis falhas nas quais foram identificadas as seguintes:

 Ter aparência de jornal

 Ter botões que “peçam” para ser clicados

 Ter linguagem clara e objetiva (conversar com o usuário

respeitando-o)

14

3.1.4 DESENVOLVIMENTO PROJETO PROGRAMAÇÃO.

Todo o projeto foi desenvolvido em HTML e encontra-se hospedado

temporariamente

(como

protótipo)

no

seguinte

endereço:

http://www.salvesalve.xpg.com.br.

3.1.5 INTEGRAÇÃO DO CONTEÚDO DE PROGRAMAÇÃO E DESIGN.

Estruturação do conteúdo do website deveu-se ao acúmulo de

conhecimentos adquiridos durante o curso até o presente momento.

Funcionalidades como o formulário “fale conosco” ali estão presentes.

Sendo ele o responsável pela interação entre o usuário e os

colaboradores.

3.1.6 TESTE DE USABILIDADE.

Aplicação de testes de usabilidade deu-se com a disponibilização do

website na internet (divulgando-se o mesmo) que até o presente momento

recebeu 175 visitantes.

3.1.7 PUBLICAÇÃO DO SITE.

No presente momento o website “Salve, Salve...” está hospedado

gratuitamente no servidor XPG, mas, deve-se observar que (para que o

mesmo se torne um portal respeitado, objetivo e prático) há a necessidade

de construí-lo numa dessas plataformas OpenSource como Joomla ou

Wordpress, por exemplo. Essa tarefa facilitará a interação entre os

usuários, colaboradores e administradores.

15

3.2.

ESTUDO DE RECURSOS E CUSTOS

No desenvolvimento deste projeto criamos uma tabela no sistema Hydros

para uma avaliação aproximada dos mesmos.

Tabela 1: Recursos

ESTIMATIVA DE CUSTO MENSAL NO SISTEMA HYDROS

(implantação do projeto)

Mês

Recurso

Custo (R$)

Setembro/2011

Projeto da pagina web

Desenvolvimento

da

0,00

página web

Outubro/2011

Contato com associações

de moradores de comunidades

Captação de recursos

405,00

Ajustes finais, testes e

publicação final (hospedagem).

25,00

Total Estimado

430,00

(manutenção do projeto)

Mês

Recurso

Custo (R$)

Setembro/2011

0,00

Outubro/2011

0,00

Novembro/2011

Desenvolvedor Web

0,00

Combustível

200,00

Hospedagem

25,00

Papelaria

40,00

Assistência técnica de

80,00

informática

Voluntário

(a)

para

500,00

contato, inserir matérias, anúncios, etc.

Total Estimado

845,00

Devolução

Gasto

inicial

430,00

(recuperação)

Total

para

Novembro/2011

1275,00

Total para próximos

meses

845,00

16

index-17_1.jpg

3.3.

ATIVIDADES

Foram necessários 9 (nove) dias para a finalização “satisfatória” das

atividades relacionadas ao projeto.

Tabela 2: Atividades

LISTA DE ATIVIDADES

N

DATA

ATIVIDADE

º

0

18/09/11

Revisão das informações sobre PIWEB I e II

1

0

19/09/11

2

0

20/09/11

3

0

21/09/11

Elaboração e diagramação do site

4

0

22/09/11

5

0

23/09/11

6

0

24/09/11

Criação do site

7

0

25/09/11

Inserção de matérias no site

8

0

26/09/11

Refazimento dos documentos associados

9

OBS: quando fiz o PIWEB I fiz uma pesquisa de campo para saber o que era mais importante para ser publicado no site.

3.4.

ESTUDO FÍSICO-FINANCEIRO

Estima-se um gasto inicial com combustível no valor de R$ 405,00 e um

gasto inicial com hospedagem no valor de R$ 25,00.

Tabela 3: Físico-Financeiro

CRONOGRAMA DE GANTT

CRONOGRAMA FÍSICO-FINANCEIRO

Figura - 1

17

index-18_1.jpg

index-18_2.jpg

3.5.

PROGRAMAÇÃO

Tabela 4: Gráfico de Gantt

Figura - 2

RESUMO:

A) Projeto com 5 etapas (como descrito acima);

B) Etapas 03 e 04 serão executadas em conjunto;

C) Etapas 01, 02, 05 e 06 são distintas;

D) Poucas horas serão dispendidas por dia e não serão poupados finais de semana ou feriados; E) Total de horas a serem utilizadas no projeto: 70

F) Total de dias previstos para a entrega do projeto: 30

3.6.

PESQUISA DE VIABILIDADE

As figuras a seguir (3 a 8) ilustram o resultado parcial da pesquisa em

questão.

Figura – 3

18

index-19_1.jpg

index-19_2.jpg

index-19_3.jpg

Figura – 4

Figura – 5

Figura – 6

19

index-20_1.jpg

index-20_2.jpg

Figura – 7

Figura – 8

3.7. BENEFÍCIOS

Quais são as vantagens mensuráveis que o projeto trará?

Disseminação da informação a quem delas realmente necessita.

Como verificar os benefícios?

Várias são as formas:

1. Pesquisas frequentes

2. Número de acessos

3. Espaço para anunciantes totalmente preenchidos

3.8. RECURSOS

Recursos materiais necessários para o projeto

 Combustível

 Hospedagem

20

 Papelaria

 Assistência técnica de informática

Recursos humanos necessários para o projeto

 Desenvolvedor Web

 Voluntário (a) para contato, inserir matérias, anúncios, etc.

3.9. CUSTOS

Dinheiro Necessário para o Desenvolvimento do Projeto

 Primeiro mês: R$ 1.275,00

 Próximos meses: R$ 845,00

3.10.

PRAZO

25 dias (+5) sendo (esses últimos) considerados como “extras” para os

testes finais. Totalizando-se 1(um) Mês comercial ao final do projeto.

Conclusões quanto à viabilidade do projeto

Segundo a pesquisa (já publicada neste) percebe-se não só a viabilidade,

mas também a necessidade de algo neste formato.

3.11. ESTUDO DE RISCOS

3.11.1.

RISCOS QUANTO AOS BENEFÍCIOS

O cliente tem uma ideia exata do resultado a ser obtido? Ou tem uma

ideia aproximada?

Não há um cliente pré-determinado. Trata-se de um projeto particular a

ser lançado (em princípio como possível meio de comunicação e integração

comunitária).

É possível medir os benefícios?

Sim. Haja vista o número de acessos (ao protótipo) e as respostas à

pesquisa de viabilidade.

Qual a probabilidade desse tipo de riscos?

21

Não ter o número necessário de anunciantes para cobrir todas as

despesas mensais.

Qual o seu impacto?

De acordo com a pesquisa de viabilidade temos uma margem

(descontando-se 2% como erro para mais ou para menos) de impacto social entre

77% e 81%.

3.11.2.

RISCOS QUANTO AOS RECURSOS:

Há equipamentos de reserva?

Não. Este projeto foi desenvolvido para atender às necessidades

emergenciais e, da mesma forma, somente terá equipamentos de reserva de acordo

com o seu desenvolvimento. Mas, cabe aqui uma observação: ao menos 2 pessoas

estarão diretamente envolvidas nesse projeto (o desenvolvedor web e o contato) e,

sendo assim, efetivamente teremos 2 equipamentos para iniciar os trabalhos.

Há pessoal de reserva?

Não. Este projeto foi desenvolvido para atender às necessidades

emergenciais e, da mesma forma, somente terá pessoal de reserva de acordo com o

seu desenvolvimento, caso necessário.

3.11.3.

RISCOS QUANTO À TECNOLOGIA:

A tecnologia empregada é inteiramente dominada?

Sim.

Qual a probabilidade desse tipo de riscos?

Falhas com relação a equipamentos, falhas no servidor web.

Qual o seu impacto?

Atraso nas publicações.

3.11.4.

RISCOS QUANTO AOS CUSTOS:

O financiamento de todo o projeto está garantido?

22

Em princípio o projeto – como se pode observar no protótipo – mantem-se

por si só e dependerá apenas do desenvolvedor web para sua manutenção. Os

custos reais (já previstos neste) se iniciam apenas quando tivermos anunciantes,

captadores e necessidade de documentação impressa ou de papelaria.

Há um montante de reserva?

Sim. O valor de R$ 1.275,00 está reservado desde o início do projeto pelo

seu desenvolvedor.

Qual a probabilidade desse tipo de riscos?

Nenhuma.

3.11.5.

RISCOS QUANTO AO PRAZO:

Há fatores internos ou externos, não considerados, que podem afetar

o prazo do projeto?

Não.

A equipe de projeto é experiente?

Sim.

Qual a probabilidade desse tipo de riscos?

Não há.

Qual o seu impacto?

Não há.

Lista dos riscos mais importantes:

1. Falha no servidor web

2. Falha nos equipamentos

3. Atraso nas publicações

Conclusões quanto aos riscos do projeto:

Excetuando-se o risco “falha no servidor web” os outros poderão ser

contornados com facilidade e, sendo assim, assumimos um risco negativo de 33%

contra 67% positivo.

23

4. PLANEJAMENTO DE PROJETO

4.1 PLANO DE TRABALHO

O planejamento do projeto foi estudado em concomitância com o

desenvolvimento do mesmo e atingiu plenamente seus objetivos com uma vantagem

de 5 dias que foram destinados para testes no protótipo.

4.2 DETALHAMENTO DAS ATIVIDADES

Poderá ser observado através da figura 1.

Primeira etapa: reservada para o levantamento das informações

necessárias para iniciar o desenvolvimento do projeto.

Segunda etapa: desenvolvimento do projeto em si podendo haver

concomitância entre as duas etapas.

4.3 CRONOGRAMA DAS ATIVIDADES (GRÁFICO DE GANTT)

Poderá ser observado através da figura 2.

4.4 EQUIPE DE TRABALHO

Projeto desenvolvido individualmente por Raimundo Barthô da Silva.

4.5 EXECUÇÃO DO PROJETO

4.5.1 RELATÓRIOS PARCIAIS DE EXECUÇÃO

Avaliação de acompanhamento dos trabalhos em 23 de setembro de

2011.

Nesta data o projeto estava dentro do prazo e com toda a sua

diagramação e programação visual pronta.

Avaliação de acompanhamento dos trabalhos em 20 de outubro de

2011.

Nesta data o projeto foi concluído satisfatoriamente (com 5 dias de

antecedência que foram destinados a testes).

24

index-25_1.jpg

4.5.2 VERIFICAÇÃO DOS ÍNDICES DE DESEMPENHO

Cronograma: Não houve atraso na execução sendo que o mesmo ficou

pronto 5 dias antes.

Orçamento: O orçamento não foi violado em qualquer momento.

4.5.3 AJUSTES/ MODIFICAÇÕES NO PROJETO

Nos 5 últimos dias reservados para os testes finais alguns ajustes foram

efetuados na parte visual da comunicação com o usuário do site para “conversar”

melhor com os mesmos.

4.6

PROTÓTIPO DO PROJETO

Algumas imagens podem ser vistas abaixo:

Figura 9

25

index-26_1.jpg

index-26_2.jpg

Figura 10

Figura 11

4.7

PROJETO PILOTO

Funcionando provisoriamente no servidor XPG, o jornal virtual “Salve,

Salve...” está hospedado no seguinte endereço: http://www.salvesalve.xpg.com.br.

26

5 ENCERRAMENTO DO PROJETO

5.1 VALIDAÇÃO DO PROJETO

A validação do projeto vinculou-se finalmente com sua hospedagem, bem

como com o fato de estarem sendo postadas (semanalmente) notícias em suas

páginas.

5.2 ENTREGA / APRESENTAÇÃO FINAL

Os documentos entregues junto com esse arquivo de projeto final são:

raimundo_bartho_ad2_PIWEB_2.rar

27

5.3 CONSIDERAÇÕES FINAIS

5.3.1 LIÇÕES APRENDIDAS

Tabela 6: Lições Aprendidas

LIÇÕES ABSORVIDAS

Título do Projeto:

DESENVOLVIMENTO DE WEBSITE DE CARÁTER SOCIAL EM

FORMATO DE JORNAL COMUNITÁRIO

Data Inicial do Projeto:

18/09/2011

Data Final do Projeto:

20/10/2011

Seu nome:

Raimundo Barthô da Silva

Sua função no projeto:

Responsável por todo o projeto

Em sua opinião, cite três itens que mais  Vontade de contribuir socialmente

contribuíram para que o sucesso no  Difusão de informações

projeto pudesse ser obtido.

 Interação jornalística e habilidade profissional

Em sua opinião, quais os três itens que  Não houve

contribuíram para que o projeto falhasse

e

o

que

pode

ser

feito

para

evitar/prevenir isto em projetos futuros?

Identifique os obstáculos críticos ou  Não houve

ponto

chave

que

impediram

o

desenvolvimento e o progresso do

projeto.

Identifique

os

fatores

críticos que  O projeto foi desenvolvido individualmente

geraram um desvio significativo na

equipe:

Baseado em sua experiência neste  Sempre planejar com antecedência

projeto,

quais

seriam

as

três  Ter consciência do que realmente se quer

recomendações que você faria para uma  Valorizar o outro como se fosse você

próxima equipe de projeto?

Identifique pontos positivos no processo  Respostas incentivadoras ao mesmo

de desenvolvimento do seu projeto:

Identifique oportunidades de melhoria no  Apoio laboral de colaboradores

processo de desenvolvimento do seu  Criação do site numa plataforma Opensource

projeto:

28

5.3.2 NOVAS IDÉIAS E OPORTUNIDADES

Tabela 7: Ideias e Oportunidades

Novas Ideias e Oportunidades

Perspectivas Futuras

 .Estabelecimento definitivo do projeto como meio de informação entre as comunidades carentes em nível nacional.

Outras informações relevantes

 Agradecimento pela oportunidade de poder unir o jornalismo à web design

6

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. FACCIONI FILHO, Mauro. Gestão de projetos e equipes. 2. ed. rev. 296 p.

Palhoça: Unisul Virtual, 2006.

2. BEATRIZ SCHEFFER DUTRA, Cynthia. Projeto Integrador Web (I e II). 3. ed.

rev. 161 p.

Palhoça: Unisul Virtual, 2007.

3. DE SOUZA E SILVA, Ailton e LUIZ BARBOSA, Jorge. Favela, dor e alegria na

cidade. 1. ed. 229 p.

Rio de Janeiro: Editora Senac Rio, 2005.

29

Você pode estar interessado...