Categorias toggle
Alain Badiou
A REPÚBLICA DE PLATÃO RECONTADA POR ALAIN BADIOU
Tradução:
André Telles
Apresentação à edição brasileira:
Danilo Marcondes
Professor titular do Departamento de Filosofia da PUC-Rio
SUMÁRIO
As indicações codificadas em algarismos e letras (por exemplo, “327a”)
correspondem ao recorte do texto em seções, em geral um espaço de
cerca de dez linhas, recorte regido exclusivamente pelos antigos
procedimentos de edição e paginação, mas que se tornou tradicional e
permite detectar o ponto em que estamos, tanto no texto grego como nas
traduções disponíveis que inserem tal balizamento no texto. O que não
fiz.
Apresentação à edição brasileira, por Danilo Marcondes
Prefácio: Como escrevi este livro aventuroso
Personagens
Prólogo: Conversa na mansão do porto (327a-336b)
1.   Calando o sofista (336b-357a)
2.   Sócrates contra a parede (357a-368d)
3.   Gênese da sociedade e do Estado (368d-376c)
4.   Disciplinas do espírito: literatura e música (376c-403c)
5.   Disciplinas do corpo: dietética, medicina e esporte (403c-412c)
6.   A justiça objetiva (412c-434d)
7.   A justiça subjetiva (434d-449a)
8.   Mulheres e famílias (449a-471c)
9.   O que é um filósofo? (471c-484b)
10. Filosofia e política (484b-502c)
11. O que é uma Ideia? (502c-521c)
12. Da matemática à dialética (521c-541b)
13. Crítica das quatro políticas pré-comunistas:
1. Timocracia e oligarquia (541b-555b)
14. Crítica das quatro políticas pré-comunistas:
2. Democracia e tirania (555b-573b)
15. Justiça e felicidade (573b-592b)
16. Poesia e pensamento (592b-608b)
Epílogo: Eternidade móvel dos Sujeitos (608b-fim)
Índice onomástico
APRESENTAÇÃO À EDIÇÃO BRASILEIRA
DANILO MARCONDES
A República é o mais extenso, o mais famoso e o mais influente dos
Quitar