Solteira, por que? por Sayonara - Versão HTML

ATENÇÃO: Esta é apenas uma visualização em HTML e alguns elementos como links e números de página podem estar incorretos.
Faça o download do livro em PDF, ePub, Kindle para obter uma versão completa.

mais prática e não para provocar

afastamento. Sempre é muito bom um

abraço, um carinho, alguém que pare

pra nos dar um pouco de atenção no

meio de tanta correria.

Nessa busca frenética, quando

conseguimos atenção, geralmente,

confundimos a amizade com o afeto

ou simplesmente acreditamos no

primeiro Eu te amo que ouvimos e

entramos numa bela furada.

Recentemente

ouvi

uma

reportagem que dizia de forma

comemorativa que aumentara o

número de casamentos, e isto não

54

quer dizer que os casamentos eram

bons, pois em igual e até maior escala

ocorreram divórcios.

A sociedade faz tanta pressão

pra gente arrumar um namorado,

casar, e ter filhos que acabamos por

escolher o primeiro que aparece na

frente.

Não temos que provar nada a

ninguém. Temos sim, que nos

preocupar

apenas

com

nossa

felicidade independente do estado

civil ao qual nos encontramos. Nos

preocupamos muito com o que pensa

a sociedade. Devemos é ficar atentos

ao que realmente queremos.

55

Seja você, se conheça. Tenha

você como sua melhor opção. Se ame.

Você é único neste mundo.

Quem escolher ficar com você

vai se sentir privilegiado e muito feliz.

Principalmente

por

que

você

reconhece seu valor e sabe o que

quer.

Não estar com alguém apenas

pra

exibir,

mas

alguém

pra

compartilhar sua cama, seu coração e

sua vida de braços abertos, com

tranqüilidade e confiança.

Infelizmente, na minha vida isso

ainda não aconteceu, mas tenho

certeza de que quando acontecer vai

56

ser de verdade. Talvez ainda não

tenha sido o momento, não sei.

Só sei que faço de um tudo para

aproveitar meu tempo da melhor

forma possível.

Há alguns dias atrás admiti que

sinto inveja de quem tem um

relacionamento estável, mas também

sei que muita gente também tem

inveja da minha liberdade e logo,

pessoas que eu pensava que fossem

felizes. As aparências enganam e

estou aprendendo a não acatar o

conceito de felicidade dos outros

como sendo a minha realidade e a

principalmente, não me comparar ou

inferiorizar. Confesso que é um

57

processo dolorido, pois me peguei

várias vezes questionando porque

para uns, certas coisas acontecem e

para outras não. Parece injusto, mas

não acredito que seja assim. Processo

de maturidade.

58

APARÊNCIAS

Muitos filósofos, psicólogos e

estudiosos

da

mente

e

do

comportamento humano tentam a

todo o momento definir e justificar os

padrões dos indivíduos na sociedade.

Muitas são as faces de uma

pessoa, mas todos esses aspectos

compõem a sua unidade.

Ao longo da vida o ser humano,

através de uma série de experiências

tenta se encontrar no mundo.

Resumindo, definir sua personalidade.

Se for uma pessoa calma e tranqüila,

ou agitada e ansiosa, ou ainda, se é do

59

tipo popular ou mais reservado. Existe

uma infinidade de combinações.

Existem pessoas que passam a vida

inteira tentando se definir sem

sucesso e mesmo assim não deixam

de ser interessantes.

As pessoas não precisam ser

uma coisa só, pois cada um vai agir de

acordo com o momento. Ainda

estamos tão vulneráveis que o

momento nos domina e as vezes

acabamos dizendo ou fazendo coisas

que não tem nada a ver com nossa

personalidade.

Em compensação tem aquelas

que sabem o querem logo cedo, mas

60

são arrogantes e chatas, do tipo que

todo mundo se afasta.

Segundo

estudos,

existem

diversas formas de nos apresentarmos

ao mundo. Como nos apresentamos

ao mundo e que queremos que os

outros vejam, o que os outros

realmente vêem e como nós nos

vemos.

Temos vários exemplos: existe

aquele

alto

empresário,

bem

sucedido. Tem dinheiro e mulheres,

realmente alguém vitorioso para o

mundo. Muitas vezes esse empresário

pode se sentir cansado, infeliz e cheio

de pessoas falsas ao seu redor. Tudo

aparência.

61

Tem aquele tipo quieto e

fechado. Não fala muito em seu meio

social, mas é feliz, amado e tem tudo o

que precisa para estar bem.

Outro exemplo mais simples é

quando se olha pra pessoa que acabou

de passar, você a julga extremamente

antipática e ridícula, se veste mal, mas

daqui a algum tempo, quando se

conhece melhor essa pessoa, você

muda completamente de opinião.

É tudo muito relativo e nossa

primeira reação é a de elevar ou

criticar o outro, quando deveríamos

apenas aproveitar a chance de avaliar

o porquê da atitude do outro nos

incomodar.

Sendo

assim,

mais

62

conscientes, nos tornamos pessoas

mais felizes e pessoas mais felizes

geralmente são mais compreensivas.

Agimos como juízes, e isto nos

impede de ter paz. O julgamento e a

critica é uma via de mão dupla bem

perigosa.

Mas o que tudo isso tem a ver

com relacionamentos? Absolutamente

tudo.

É por um julgamento errado que

podemos dispensar uma pessoa a qual

poderíamos ter um relacionamento

maravilhoso, candidato a futuro

marido ou esposa. O mal humor nos

faz ver tudo sobre a ótica da crítica e

63

quando estamos com bom humor,

assumimos que estamos aqui para

aprender a ser feliz.

Vou citar meu próprio exemplo:

algumas vezes os homens me vêem

apenas

como

essa

mulher

independente e fatal, mas nenhum

deles sabe o que se passa dentro de

mim. Não sou nem um pouco santa ( e

isso observo que não tem nada a ver

com religião) e sei que parte da culpa

pelo resultado dessa reação masculina

a meu respeito é de minha própria

autoria pois ainda não fiz tornar visível

outros aspectos de mim e decidi que

quero, a partir de agora, me expressar

de tal forma.

64

Não quero ter uma infinidade

de homens na vida, quero ter um,

quero ser fiel. Gosto do romantismo,

de receber flores e muito carinho. Só

que muitos desses homens que

entraram na minha vida não me

conheceram

o

suficiente

para

perceber esse meu lado. Só viram a

minha aparência.

Ainda estou procurando o

equilíbrio sobre esse comportamento.

E a sua natureza, qual é?

Pergunta difícil? E olha que já li

tanto sobre o assunto.

Livro pra mulher solteira arrumar

namorado e livro sobre como se

65

comportar pra atrair alguém. Tem

livro pra tudo, mas o lugar onde

realmente podemos encontrar as

respostas é dentro de nós.

Não tive namoro que tenha até

o momento durado mais que 7(sete)

meses. Bom, um deles foi a

prestações: 6 meses e depois mais 6

com a mesma pessoa, em doses que

no fim, conclui como irritantes.

Realmente, meu maior erro foi

não ter respeitado meus limites. Cedi

às vontades e excentricidades do

outro.

Não

tomei

as

atitudes

adequadas a determinado momento e

me omiti de falar quando deveria.

Tudo por medo de falar besteira e

66

ficar sozinha. Pois bem, não falei e

fiquei sozinha do mesmo jeito,

amargando e arrependida do que não

fiz. Foi falta de respeito para comigo

mesma.

Tenho amigas que reagiriam

bem diferente e cada um tem o direito

de reagir como quiser. Algumas

brigam e levam tal reação aos

extremos se necessário, já outras

preferem não falar e deixar a situação

passar. Todas as reações estão

corretas.

Estão defendendo seu território,

seus limites. Se alguém realmente

gosta de você não será na primeira

briga que vai terminar e se acontecer,

67

é porque os dois ainda não estavam

prontos e maduros para assumir tal

relação.

Até que no meu último namoro,

que durou entre 4 ou 5 meses, não me

lembro ao certo, fui mais firme e

procurei falar mais. Pelo menos tentei.

Puxa! O cara preferia ficar com

os amigos (todos homens), bebendo

cerveja de se acabar a ficar com uma

morena gata como eu e no maior

aconchego?!?!? Embora para mim

pareça estranho, talvez eles realmente

prefiram. Talvez eu o sufocasse de

alguma forma a ponto dele ficar

enjoado de estar a meu lado. E isso

acontece muito por ai.

68

Tomar consciência de que talvez

eu tenha sufocado no início me

chocou, mais o susto serviu para eu

mudar certas posturas diante do

relacionamento.

69

EVITANDO ENTRAR

EM FURADAS

Uma das coisas que eu aprendi

é que a solidão e a carência são

combinações perigosas, que nos leva a

tomar decisões não muito acertadas.

Ficamos tão ansiosos por estar

com alguém, que o primeiro que

aparece já serve. O problema é

quando essa pessoa que surge para

nos salvar tem um belo enfeite

dourado no dedo.

Olha, não foram poucos os

homens casados que apareceram, mas

consegui evitar a todos. Claro que pelo

70

menos uns beijinhos não deu pra

resistir. Consegui porque nenhum

deles valia apena o risco.

É difícil criticar a pessoa casada

que

busca

um

relacionamento

alternativo,

pois

também

não

sabemos o que ela (e) está vivendo

para chegar ao ponto de buscar uma

relação fora do casamento. Talvez

ele(a) peça o divórcio e fique com

você e pode ser que não. Não há

certezas. Quando aconteceu comigo,

senti fundo no meu coração que não

deveria continuar, mais se a resposta

fosse oposta e eu realmente quisesse

arriscar em seguir adiante, não

71

poderia ser recriminada. Pelo menos

não seria a primeira e nem a última.

Certa vez, conheci um rapaz que

nem me interessou muito, mas

conversamos e trocamos telefone. Ele

não parava de me ligar. Até me senti

envaidecida, mas não retornei os

telefonemas. Um belo dia, eis que liga

no meu telefone uma mulher

querendo saber quem eu era. Não

disse. Insistiu, mas eu não disse.

Perguntou se conhecia tal fulano, eu

disse que não, mas quando disse o

apelido do talzinho (ele se apresentou

pelo apelido) ela disse que era a

esposa e que estava grávida!

72

Assim

que

surgiu

a

oportunidade de falar com o fulano,

esclareci que não tinha absolutamente

nenhum interesse e tratei logo de

acabar

com

a

situação

constrangedora.

Outro caso foi um ex-namorado

que teve todas as oportunidades e

não deu certo. Até rolou flash Back,

mas

sem

chance,

não

soube

aproveitar. Perdeu.

O tempo passou, esse ex

conheceu outra pessoa, casou e teve

filhos.

Tempos

depois

nos

reencontramos, fiquei até feliz por ele.

73

Desejei felicidades e tudo mais. Depois

perdemos o contato novamente.

Após

mais

algum

tempo

descobri que tínhamos uma amiga em

comum e essa amiga meu deu um

recado dele. Cheio de amor pra dar

para com minha pessoa.

Disse que podia ligar em

determinados horários pra “Dona

Onça” não descobrir.

Caro amigo leitor, você acha

realmente que eu liguei?

Nem pensar. Para mim não vale

a pena. ME VALORIZO.

74

O fato de estar solteira não

significa que sou fácil. Eu posso

escolher sim!.

Mamãe

cuidou

direitinho,

passou

talquinho.

Sou

vaidosa,

cheirosa, tenho a pele macia. Delícias

que só quem vai poder provar é quem

eu quiser. Meu corpo, meu templo,

minha decisão.

Veja bem, como diz minha

madrinha, essa é a minha opinião, os

meus valores e ponto de vista. Não

existe certo ou errado, apenas a sua

consciência. Para cada causa existe

uma conseqüência. Se para você vale

a pena tal situação, quem sou eu para

75

julgar ou criticar. Cada um vai ter a sua

verdade.

E contei todos esses exemplos

para confirmar que se tivesse aceito o

homem casado, em qualquer uma das

situações acima citadas, poderia não

estar solteira. E se continuei nesses

casos, assumo que foi por decisão pois

as opções não me eram nada

agradáveis.

76

MULHERES

INDEPENDENTES

ASSUSTAM

No

início

dos

tempos

a

sociedade era matriarcal, mas com o

passar dos tempos o poder da mulher

foi sufocado e os homens ficaram a

frente da sociedade.

Nos últimos anos a mulher vem

recuperando seu espaço por direito,

mas como tudo na vida tem seus dois

lados, pagamos um preço por tal

conquista.

77

Tornamo-nos mulheres fortes,

independentes,

trabalhamos,

sustentamos

nossas

famílias,

resolvemos todo tipo de problema

dentro e fora de casa, decidimos ter

filhos mais tarde ou nem tê-los.

Em muitos lares houve uma

inversão de papéis, onde o homem

cuida da casa e a mulher trabalha fora.

Os homens aprendem a cozinhar,

lavar e passar e ainda cuidam dos

filhos. Há um tempo atrás isso seria

inimaginável.

Essa

nova

mulher,

independente e livre, corre atrás dos

seus objetivos e briga por seus

direitos.

78

Muitos homens, apesar de

vivermos numa nova sociedade, têm

medo dessa nova mulher.

Geralmente

são

mulheres

interessantes,

práticas

e

muito

inteligentes. Em muitos casos é muito

difícil suportar que uma mulher seja

melhor. É o tipo de mulher que

dificilmente será manipulada ou ainda

controlada. Isso assusta!

Antes, o que o homem dizia era

a

palavra

final,

dependíamos

financeiramente

deles,

ficávamos

amarradas a uma situação, aturando

certos acontecimentos sem poder dar

palpites.

79

Realmente, a palavra final hoje

em dia continua sendo a deles: SIM,

SENHORA!

De forma alguma sou feminista,

pelo contrário. Acho que o homem e a

mulher foram criados cada qual com

um objetivo de forma a manter o

equilíbrio da vida. O que não

concordo é que um queira ser mais

que o outro.

Sinceramente, não quero ser

obrigada a fazer o que não gosto só

para ter de agradar alguém, a não ser

que eu queira fazer isso, até como

uma forma de treinar a minha doação.

Fazer porque quero.

80

Fico a vontade e faço de

coração. É preciso ter personalidade e

manter suas convicções.

Essa

nova

mulher

precisa

encontrar seu equilíbrio. Não somos

auto-suficientes e isso também não é

bom. Precisamos nos permitir mostrar

ao mundo esse lado feminino,

delicado e amoroso.

Nós

mulheres,

gostamos

daquele tipo de homem que só

trabalha, nunca tem tempo para nos

dar um pouco de atenção, está

sempre ocupado e correndo? Com

certeza que não. O mesmo acontece

no inverso.

81

Resumindo, quero dizer que

muitas

vezes

perdemos

boas

oportunidades de relacionamento

porque deixamos de mostrar nosso

lado delicado, a nossa parte que

precisa de carinho e atenção.

Vamos

nos

desarmar

um

pouco?

Essa nova mulher, às vezes de

tão

independente,

busca

um

relacionamento aqui, outro ali e só se

decepciona.

Deixamos

de

nos

preservar e acabamos atraindo as

pessoas e os relacionamentos errados.

Já reparou que muitas mulheres

lindas, famosas e até ricas estão

82

solteiras, ou ainda, que vivem

casamentos relâmpagos, em geral,

infelizes?

Temos muitos exemplos em

nossa

sociedade,

alguns

até

conhecidos. Mulheres maravilhosas,

mas com uma vida pessoal nem tão

feliz. Mesmo solteiras não saem por aí

desfilando namorados a todo tempo

pra mídia só pra dizer que tem

alguém. Preservam-se.

A maior conclusão que cheguei

é que os homens não sabem o que

estão perdendo rejeitando essa nova

mulher, assim como Muitas mulheres

não sabem apreciam um novo tipo de

homem que vem surgindo, mais amigo

83

e sensível. Você pode estar perdendo

não apenas uma mulher (homem),

mas

a

(o)amante,

amiga

(o),

companheira(o)

interessante

e

inteligente. Além de ter personalidade

e garantir boas horas de conversa na

cama subsequentes a momentos

maravilhosos de amor.

84

SUBINDO PELAS

PAREDES

Uma das piores coisas de se

estar solteiro é quando bate aquela

vontade louca de fazer sexo. Se quiser

que fique mais poético, fazer amor.

Às vezes temos a sorte de ter

uma “amizade colorida” que nos ajude

a resolver esse probleminha e outras

vezes não.

Não sei você, mas acho péssimo

ficar saindo com um aqui e outro ali.

Gosto de me preservar e a meu corpo,

mas nem sempre é possível e vamos à

85

caça. Quando os hormônios gritam, sai

de baixo!

Temos ainda outra opção, que é

a de ficar subindo pelas paredes,

tomar vários banhos gelados ou ainda

resolver o problema da forma

tradicional: para os homens “manual”

e nas mulheres por via “digital, ou

seja, o uso da mão e do dedo, se é que

me entende. Obvio que existem

mulheres que já chegaram num nível

de evolução a ponto de não sentirem

falta do contato carnal. Se fosse assim,

como viveriam as freiras?

Mulheres que se entregaram a

vida servindo ao divido e que

optaram, não pelo amor carnal, mas

86

pelo amor incondicional ao ser

humano, assim como outras que não

vivem em conventos, estão em nosso

dia a dia, mas que igualmente se

entregaram a outras necessidades e

desafios. Realmente eu as admiro,

pois vivem super bem sem esses

conflitos comuns a maioria das

pessoas.

Já ocorreram situações em que

fiquei saindo com a mesma pessoa,

mas não rolava algo mais profundo.

Depois de satisfazer os desejos da

carne bate aquele vazio, fica um

sentimento de que está faltando

alguma coisa, isso quando não vem

aquela sensação horrorosa de se

87

sentir usada. Não foi só comigo que

isso aconteceu, tenho várias amigas

com o mesmo relato. Fora que muitas

fazem a besteira de ficar ansiosas ao

lado do telefone aguardando o

telefonema no dia seguinte. Muito

raro isso acontecer!

Também tem em outros casos a

sensação de leveza, parece que tirou

um peso dos ombros. A pele fica mais

bonita, ficamos rindo à toa e tudo

mais. Fora que dependendo da

situação, dá um UP na auto-estima.

No caso dos homens a mudança de

humor é instantânea.

Pra falar a verdade, vou mais a

fundo. Acho que o pior de tudo é

88

quando temos um relacionamento

(marido ou namorado), e nosso

parceiro não quer nossa companhia,

não tem mais aquele desejo. A pessoa

te evita, inventa desculpas. Você lá,

subindo pelas paredes e se sentindo

só sem ter necessidade. Acho que é

um dos piores tipos de solidão, fora

que vem outros pensamentos piores

acompanhando o cardápio: rejeição,

complexo, tristeza e desconfiança

(será que tem outro (a)?), fora a

revolta que dá. Creio que é daí que

surgem as traições, mas isso já é

assunto para outro capítulo.

Escrevi esse livro em 2008 e

atualizei somente agora em 2010

89

devido a uma série de contratempos.

Hoje admito que muito do que passei

foi desnecessário se eu não tivesse

falado mais, me aberto mais, menos

exigente e flexível. Admitir os próprios

erros também é um passo do

processo.

Eu

sei

que

é

dolorido.

Realmente o orgulho atrapalha, mais,

faz parte do show.

90

O DIA DOS

NAMORADOS

Quando

estamos

bem

acompanhados, adoramos dar aqueles

beijinhos estalados, aquele joguinho

de agarra e solta, brincadeirinhas e

tudo mais. Mais se parecem duas

crianças do que namorados.

Já reparou que quando estamos

sozinhos é insuportável ter um casal

como companhia, ficar ouvindo

aquelas risadinhas, aqueles estalinhos,

gente falando baixinho, praticamente

sussurrando?

Há não?!?!?!?!

91

E quando você está no metrô ou

no ônibus cheio e tem um casal de

canto se agarrando. Todo mundo fica

no mínimo constrangido e pensa que

um pouquinho de respeito não ia mal.

Puxa, vai pra um lugar mais reservado.

Precisa de platéia?

Te convenci?!?!?!?

Quando é você na situação

deliciosa tudo bem, mas quando não

é, chega a ser irritante. Fora que você

fica ali parado, mais parecendo uma

vela.

Tá certo também que isso é

muito relative, pois é a cultura que

temos em nosso país, uma sociedade,

92

digamos que ainda “careta” a certas

idéias a níveil sexual. Vamos viajar um

pouco. Lá na França, pelo que sei,

pessoas tem relações sexuais no

jardim e isso, naquele país, não é nada

de mais. É absolutamente natural.

Viajando um pouco mais, no oriente,

poderia ser considerado como traição

um Shake em seu arem com tantas e

tantas mulheres? Naquele país essa

cultura é absolutamente normal.

Fazendo uma comparação simples, se

seu marido ou esposa tem um

amante, ainda está no lucro! E daí

repensamos o conceito do que

realmente seria traição. Realmente é

uma questão cultural.

93

Voltando a nossa realidade, aqui

no Brasil, Já reparou que a situação

começa a piorar quando estamos

perto do dia dos namorados? Surgem

casais de todos os lados, de mãos

dadas, uma procura incessante pelo

presente ideal. Ir no shopping então,

piorou.

Se você estiver solteiro no dia

dos namorados evite Shoppings,

pracinhas ou lugares públicos onde os

mesmos possam estar.

Procure sair com seus amigos, ir

a uma balada ou algum lugar onde

tenham outras pessoas na mesma

situação. SOLTEIRAS... Tenha a certeza

que vai se sentir bem melhor e vai

94

evitar aquele sentimento horroroso de

melancolia.

Os doces também são ótimas

companhias, mas não exagere porque

depois isso vai se refletir na balança

ou em espinhas bem nojentas.

Quer ver uma outra boa

alternativa, se dê um presente. Isso

mesmo. Se presenteie. Você merece.

Escolha, compre e mande

embrulhar bem bonito pra presente.

Depois abra com todo prazer, use e

abuse.

Também é possível procurar

uma agencia de relacionamentos, ou

ainda procurar um paquera na rede,

95

mas vá devagar, sem desespero.

Aquela linda voz no telefone,

pessoalmente pode não ser igual à

figura do candidato. Além de se meter

numa situação no mínimo chata, com

certeza depois vai bater aquele

arrependimento ou ainda aquele

pensamento: “o que é que eu estou

fazendo aqui”.

Você até pode correr esses

riscos, mais esteja consciente do que

está fazendo. Conheço pessoas que se

conheceram pela internet, casaram e

tiveram filhos, levando uma vida

saudável e feliz. Só que ainda assim,

nos dias de hoje, vale a pena ficar

96

atenta. Já somos bem crecidinhas e

donas do nosso nariz.

Evite as armadilhas. Nós já

falamos sobre isso, mais sempre é

tempo de reforçar. Não adianta tentar

ligar pra aquele seu ex que nunca te

ligou e que provavelmente das duas

uma: ou vai te tratar mal e te fazer

sentir péssima ou ainda vai te levar

pra cama como se fosse qualquer uma

e depois você vai se sentir mal do

mesmo jeito.

97

SE OLHANDO NO

ESPELHO

Por várias vezes já fiquei me

olhando no espelho, reparando as

estrias,

a

celulite

e

aqueles

“Quilinhos” a mais que agente sempre

quer perder. Na realidade nunca

estamos satisfeitos com nosso corpo.

Temos sempre um pequeno ou grande

complexo, alguma parte do corpo que

temos vergonha de mostrar ou que

pelo menos pode ser melhorado. Isso

é fato! Faça um teste e me conte se

você consegue descobrir uma pessoa

98

que esteja completamente satisfeita.

Se achar, por favor, me conte!

Com o passar dos anos o que

reparei é que quando realmente rola

uma química o outro não fica

reparando essas coisas. Somos nós

que ficamos inibidas e cheia de

vergonhas. Muitas vezes, o seu

companheiro vai achar aquilo que

você pensa ser um grande defeito, um

charminho adorável.

Já viu aqueles casais que um é

muito gordinho e o outro é magro ou

ainda um deles é lindo e o outro tão

sem sal, sem graça?

99

Cara amiga, cheguei a conclusão

que tem gosto pra tudo nesse mundo.

O que achamos feio com certeza por

aí vai ter alguém que goste. A tampa

da panela, a metade da laranja, enfim,

o termo que quiser usar.

Não adianta nada ser a perfeita,

o bumbum perfeito, os seios perfeitos,

o nariz bonitinho. Você pode querer

ser a perfeita, mas isso não vai

adiantar. O máximo que vai conseguir

é alguém a seu lado querendo mais te

exibir como um troféu do que

realmente querer a companhia da

pessoa que você é.

Então não queira ser perfeita

porque ninguém é. Queira ser você e

100

procure sim, cuidar do seu corpo, da

sua vaidade, não como uma obsessão,

mas para se sentir de bem, feliz e

satisfeita ao se olhar no espelho.

Aparência é importante, mas

não é tudo. Vale também o que vai

dentro do coração e da alma.

101

O MAL DA

COMPARAÇÃO

Uns dias atrás estive meio

chateada. De uma hora pra outra

chorei muito e fiquei muito sensível

sem causa aparente. As pessoas

próximas a mim não conseguiam

entender a mudança repentina de

comportamento (e olha que não sou

bipolar) e cada vez que tentava abrir a

boca, novamente eu começava a

chorar. Acabei parando de relutar e

chorei até não conseguir mais e depois

dormi. Quando acordei fui tomar

banho.

102

Não sei pra vocês, mais para

mim a hora do banho é um momento

muito

especial,

em

que

os

pensamentos começam a tomar

forma, a ficarem mais claros e menos

confusos. Talvez você tenha algum

outro afazer do seu dia que te relaxe,

como a hora do café ou antes de

dormir. Faça um exercício, veja se

consegue identificar qual atividade do

seu dia lhe provoca uma sensação

especial, é bem interessante aprender

a interpretar os sinais.

Eu demoro mesmo no banho,

porque é a hora que organizo minhas

confusões mentais.

103

Eu chorava porque há algum

tempo as pessoas vem dizendo que

estou fechada para o amor e eu não

concordo, mas, pode ser, embora

esteja me esforçando pra mudar essa

energia. As pessoas querem justificar

que estou sem um companheiro por

isso, mas uma pessoa próxima estava

bem mais fechada que eu, e isso não a

impediu de encontrar uma pessoa boa

em sua vida, de casar e ter filhos,

então, pra mim tudo isso não tem

lógica.

Detalhe,

sou

virginiana

daquelas bem “cricri” (rsrsrsrs).

Em conversa com uma pessoa

muito sábia, ela entendeu meus

sentimentos, minha dor, mas também

104

abriu meus olhos, pois pra casar e ter

esse filho, essa determinada pessoa

teve de abrir mão de muitas coisas

boas que estavam acontecendo em

sua vida, principalmente em nível de

trabalho. Talvez para essa pessoa

esteja tudo mais difícil, talvez para as

mulheres independentes como eu, de

repente, virar uma dona de casa seja

sacrificante,

não

querendo

desmerecer tal posição, mais é uma

mudança e tanto!

Essa pessoa passou a ter de

limitar sua vida em muitas coisas,

liberdade essa que eu tenho e que não

perdi. Faz sentido, pois um leque de

oportunidades está se abrindo em

105

minha vida, mais também não quer

dizer que deixe de ser muito difícil

para minha pessoa entender a

magnitude de tais palavras. Não que

tal pessoa deixe de ter oportunidades,

mais aproveitá-las ou não, não

depende apenas de sua vontade, mais

dela, do marido e do filho.

Eu sei que se comparar é

errado,

pois

inevitavelmente

acabamos colocando uma pessoa

muito acima e a outra muito abaixo na

escala (que na verdade não existe esse

tipo de ranking), até mesmo porque, a

trajetória de vida de cada uma é bem

diferente da outra, portanto é ridículo

se comparar. Fui ridícula também, pois

106

por muitas vezes me comparei e isso

doeu a ponto de me fazer chorar

copiosamente. Por ironia ou não, até

recebi um e-mail que falava de

comparação:

"A comparação gera inferioridade,

superioridade.

Quando você não estabelece comparações, toda

inferioridade e toda superioridade

desaparecem.

Nessa condição você simplesmente é, você

simplesmente está aí.

Um pequeno arbusto ou uma grande árvore alta

-- isso não importa -- você é você mesmo.

Você é necessário.

107

Uma folha de grama é tão necessária quanto à

maior das estrelas. Sem a folha de grama, Deus

será menos do que ele é.

O pipilar de um pássaro é tão necessário quanto

qualquer Buda -- o mundo será menos, será

menos rico se esse pássaro desaparecer.

Basta olhar à sua volta. Tudo é necessário e se

encaixa em um todo.

Trata-se de uma unidade orgânica: ninguém

está acima, ninguém está abaixo, ninguém é

superior, ninguém é inferior. Cada qual é

incomparavelmente único.”

Crédito: Osho The Sun Rises in the Evening