The Vincent Boys por Abbi Glines.. - Versão HTML

ATENÇÃO: Esta é apenas uma visualização em HTML e alguns elementos como links e números de página podem estar incorretos.
Faça o download do livro em PDF, ePub, Kindle para obter uma versão completa.

index-1_1.jpg

index-2_1.jpg

Prólogo

Há dez anos atrás...

- Você percebeu alguma coisa diferente em Ash? - Meu primo Sawyer

perguntou enquanto subiu na árvore para se sentar ao meu lado em nosso galho favorito com vista para o lago.

Dei de ombros, não tinha certeza de como responder.

Obviamente, ultimamente tenho notado coisas sobre Ash. À medida que a forma em que os seus olhos tendem a brilhar quando está rindo e suas belas pernas brilham quando está usando shorts. Mas de jeito nenhum confesso estas coisas a Sawyer. Ele diria a Ash e ambos

morreriam de rir.

- Não. Respondi, sem olhar para Sawyer, com medo que ele pudesse ver a mentira em meu

olhar.

-Eu ouvi uma conversa entre meus pais no outro dia, falando sobre como eu e você

começaremos a ver Ash diferente muito em breve. Ela disse que Ash está se tornando uma beleza e as coisas entre nós três começarão a mudar.

-Eu não quero que isso aconteça. - Sawyer disse com uma voz

preocupada. Eu não podia olha-lo, em vez disso, eu mantive meus olhos no lago.

-Eu não me preocuparia com isso, Ash é Ash. É claro que sempre foi bonita, eu acho, mas isso não é importante. Ela pode subir em uma árvore mais rápido do que qualquer um de nós, sabe preparar sua isca para pescar e saber encher balões de água como uma profissional. Isso não vai mudar.

Olhei furtivamente Sawyer, meu discurso soou muito convincente, mesmo para os meus ouvidos.

Sawyer sorriu e acenou com a cabeça.

-Você está certo, quem se importa com quem tem o cabelo como uma

espécie de fada? É Ash. Falando em balões de água, poderiam parar

escapulir à noite e joga-los nos carros fora da minha casa, os meus pais vão descobrir um dia e eu não poderei ajudá-los.

Sorrí ao lembrar de Ash, cobrindo a boca para silenciar seus risinhos furtivos ontem

à noite, quando passou aqui para encher balões. Aquela garota gostava de quebrar as regras, tanto quanto eu.

-Eu ouvi o meu nome. Melhor que vocês dois não estejam zombando de mim por causa deste sutiã estúpido que minha mãe me fezvestir. Estou cansada de piadas. Quebrarei seus narizes, se vocês não pararem .

A voz de Ash me assustou. Ela estava parada na base da árvore, com um balde de grilos em uma mão e uma vara de pescar na outra.

- Vamos pescar ou vão ficar olhando para mim como se eu tivesse duas cabeças?

CAPITULO 1